Verstappen diz que Fórmula 1 tem pilotos “não tão bons” quanto Hülkenberg: “Merece vaga”

Para o piloto da Red Bull, Nico Hülkenberg pode usar seu desempenho nos dois GPs que correu pela Racing Point para pleitear vaga na F1 em 2021

Nico Hülkenberg ganhou a chance de voltar a guiar na Fórmula 1 nas duas últimas semanas, substituindo Sergio Pérez – com Covid-19 – na Racing Point. E foi bem, principalmente na classificação para o GP dos 70 Anos, quando ficou em terceiro.

Por isso, tem gente no grid que crê que o alemão deveria pleitear uma vaga na categoria para 2021 – Hülkenberg esteve presente entre 2010 e 2019, até não conseguir contrato para a atual temporada.

Max Verstappen, inclusive, deixou bem clara sua visão: “Definitivamente existem alguns pilotos que não são tão bons quanto ele e que estão na Fórmula 1 neste momento. Espero que esse final de semana seja um grande impulso para ele”, comentou o holandês durante a etapa mais recente do Mundial.

Após a classificação, inclusive, Verstappen chegou a dizer que estava “muito feliz por Nico ser terceiro”. “Espero que isso o ajude a encontrar um assento para a próxima temporada. Definitivamente, ele merece estar na F1”, completou.

O 3° lugar foi a melhor posição de grid do alemão desde 2016 (Foto: Racing Point)

Daniel Ricciardo foi outro a elogiar o alemão: “Fez um grande trabalho, ficar tanto tempo sentado no sofá não é fácil. É um veteranos, mas ainda assim não é fácil ir bem. Não importa o que digam os outros, eu tiro o chapéu para ele. Fez um trabalho muito bom.”

Para o GP da Espanha, porém, a Racing Point voltar a ter Pérez em um de seus carros. Ele testou negativo para o coronavírus e retorna ao grid.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar