Verstappen diz que “seria ainda melhor” com carro que briga por título da F1

Sem pressão, mais fácil de lidar, melhor ainda na pista: Para Max Verstappen, ter um carro que lhe garante ba disputa do título o tornaria superior ao que já é

Parece óbvio falar que ter um carro melhor ajuda o piloto não só na Fórmula 1, mas em qualquer categoria do automobilismo. Mas Max Verstappen explicou por que sente que evoluiria se tivesse uma máquina superior e que lhe permitisse brigar pelo título.

Em entrevista à ‘Autosport Magazine’, o holandês afirmou que pode crescer em termos de entrega na pista caso possa brigar pela conquista do Mundial. A relação é de que andar no topo tiraria certo peso.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Max Verstappen quer brigar por título (Foto: Andrej Isakovic/AFP)

“Acredito que assim que você está nessa posição, com um carro para brigar pelo título, tudo se torna mais fácil”, começou Verstappen. “Claro, há pressão para se vencer o Mundial, porque você está brigando com outras pessoas. Mas, no geral, acho que é uma situação muito melhor para se estar, do que nunca estar. Porque, se não está lá, precisa sempre arriscar mais, só para tentar arranjar um bom resultado.”

“Você precisa arriscar mais já na primeira volta, ou em certas partes da corrida. E aí, claro, erros podem acontecer. Então, estou ansioso e espero ter um carro para estar na briga pelo título, porque é quando acho que eu seria ainda melhor, pois é mais agradável e mais fácil de lidar”, completou.

Especificamente sobre 2021, quando o mundo da F1 espera que ele, enfim, brigue pelo título com Lewis Hamilton, Verstappen já começa a analisar o que pode fazer: “É muito diferente. Não se precisa vencer toda batalha, toda corrida. Mas tentar é algo natural.”

“Não significa, caso eu não vença o Mundial, que eu não entendi isso. Acho que venci no kart com o mesmo estilo: escolhendo batalhas. E, honestamente, só tive uma chance de brigar por título na carreira, que foi na F3, em 2014, e não consegui”, finalizou. Na ocasião citada, Esteban Ocon, hoje na Alpine, foi o campeão da F3 Europeia – Verstappen ficou em terceiro, atrás também de Tom Blomqvist.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube