F1

Verstappen vê decisão de “só escutar a si mesmo” como chave para reação após começo de ano ruim

Max Verstappen começou 2018 na mira dos holofotes, e pelo pior motivo possível. Uma série de incidentes trouxe críticas e questionamentos. A solução foi uma mudança de mentalidade após o GP de Mônaco que parece trazer resultados
Warm Up, da Cidade do México / VITOR FAZIO, de Berlim / EVELYN GUIMARÃES, do Hermanos Rodríguez
 Max Verstappen (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Max Verstappen precisou procurar soluções após um começo de 2018 dos mais complicados. O piloto da Red Bull, agora em alta após vencer no México, se envolveu em uma sequência de acidentes nas primeiras corridas da temporada, em uma sequência que só foi superada após o GP de Mônaco. Foi depois de Monte Carlo, quando uma chance de vitória foi desperdiçada por conta de um acidente no sábado, que o holandês optou por focar mais no próprio trabalho.
 
Ao focar no próprio trabalho, Verstappen abriu mão de opiniões adversas que circulam no paddock. O único ponto de vista externo que o holandês aceitou receber foi um do pai Jos Verstappen, ainda da época de kartismo.
 
“A diferença é que agora eu só escuto a mim mesmo”, disse Verstappen. “Eu faço minhas coisas, mesmo que escrevam muito sobre isso, eu não me importo. Meu pai sempre me dizia no kart, caso eu estivesse exagerando ou algo assim, ele me falava ‘Max, mesmo que você pense que não está indo rápido o suficiente, ainda é rápido o suficiente’. Basicamente eu só tirei um pouco o pé e isso parece ter me tornado um pouco mais rápido”, seguiu.
Max Verstappen (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
A nova postura significa resultados mais constantes de Verstappen. Após o GP de Mônaco, o holandês só abandonou por problemas mecânicos. Foram oito pódios no período, mesmo com uma Red Bull que sofre para acompanhar o nível de rendimento de Ferrari e Mercedes.
 
No México, a segunda vitória de Verstappen no ano veio com atuação irrepreensível. O holandês assumiu a liderança com uma bela largada, não mais sendo alcançado por rivais próximos. A corrida também teve Sebastian Vettel em segundo e Lewis Hamilton em quarto, resultado que selou o Mundial de Pilotos em favor do britânico.

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br