Vettel avalia crescimento da Ferrari, mas vê Mercedes à frente em condições normais: “Ainda há uma certa distância”

Sebastian Vettel está contente com o progresso que tem notado no carro da Ferrari, mas disse que os italianos ainda estão longe da Mercedes. Assim sendo, o objetivo é melhorar mais do que os rivais

Desistir da luta por vitórias nunca é algo que passa pela cabeça de Sebastian Vettel, mas ele reconhece: "Ainda há uma certa distância".

Neste fim de semana, a F1 chega ao Red Bull Ring para o GP da Áustria. É uma pista cujas características levam a pensar em uma redução da diferença entre os dois times, afirmação com a qual Vettel concorda. Mas o piloto prefere seguir com os dois pés atrás e ser surpreendido no domingo.

"Eu acho que sempre vamos tentar pela vitória", disse nesta quinta-feira (18) em Spielberg. Em 2015, ele foi o único capaz de derrotar Lewis Hamilton e Nico Rosberg, vencendo o GP da Malásia. Na tabela de pontuação, está em terceiro com 108 pontos.

Vettel acredita que a Ferrari está cada vez mais próxima da Mercedes (Foto: AP)

"Temos um carro forte neste ano, e, se tudo correr normalmente, devemos ficar um pouco mais atrás no sábado. Mas temos que ser realistas desafiando a Mercedes. Precisamos ter o fim de semana perfeito e torcer para que eles tenham mais dificuldades. Em circunstâncias normais, ainda há uma certa distância."

 
"De pista para pista, a diferença pode variar. Mas acho que fizemos um trabalho incrível desde os testes de inverno, consideramos que estamos um pouco mais perto. A Mercedes é forte, está trabalhando e progredindo, mas o nosso objetivo é fazer mais progresso para conseguir reduzir a distância. Esperamos, na segunda parte da temporada, andar mais perto do que estamos agora", destacou.

Os treinos livres no Red Bull Ring começam às 5h (de Brasília) desta sexta-feira. No domingo, a corrida terá largada no habitual horário das 9h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube