Vettel diz que largada foi decisiva para resultado “fantástico” e credita triunfo ao trabalho da Red Bull

Sebastian Vettel, no entanto, segue com seu discurso cauteloso, diz que o campeonato é de “altos e baixos” e que a escuderia taurina precisa estar focada apenas em sua própria performance

Dono do melhor carro de todo o fim de semana em Yeongam, Sebastian Vettel perdeu a pole-position para Mark Webber por detalhe. O alemão sabia que largar atrás de um companheiro de equipe tão competitivo e possuindo o mesmo carro. E assim que as cinco luzes vermelhas se apagaram, autorizando a largada do GP da Coreia do Sul, neste domingo (14), Sebastian partiu para o ataque. Tudo para conseguir da maneira mais rápida possível a liderança da corrida. Sua postura agressiva deu muito certo, e agora é o germânico quem lidera o Mundial de pilotos, com 215 pontos, seis a mais que o novo vice-líder, Fernando Alonso.

“Fantástico! Estou muito, muito feliz! Foi uma corrida fantástica”, disse Vettel na entrevista coletiva concedida logo após a premiação no pódio de Yeongam. Extasiado com a terceira vitória consecutiva na temporada — e a 25ª da carreira, empatando com os lendários Niki Lauda e Jim Clark —, Sebastian creditou seu êxito em Yeongam ao trabalho realizado pela Red Bull, e claro, ao bom começo de prova.

Novo líder do Mundial, Vettel vibra com "resultado fantástico" na Coreia do Sul (Foto: Red Bull/Getty Images)

“Foi fundamental ter uma boa largada”, avaliou o alemão. “Não estava muito seguro largando no lado sujo da pista, mas fiz uma largada razoável e tracionei bem. Mark escorregou um pouco, fiquei lado a lado com ele e saí bem após a terceira curva”, disse o novo líder do Mundial, lembrando quando seu companheiro de equipe emparelhou na grande reta de mais de 1 km em Yeongam.

Daí em diante, passado o único momento da corrida em que sua posição de protagonista fora ameaçada, Vettel teve tranquilidade suficiente para aumentar e administrar sua vantagem perante os rivais na corrida. Na visão do bicampeão do mundo, méritos também da Red Bull, que contribuiu de maneira crucial para seu bom rendimento, tanto na Coreia quanto nas últimas provas do Mundial.

“Fizemos dois pit-stops brilhantes. O único erro foi travar o pneu dianteiro direito na curva 3. Foi um pequeno erro da minha parte, mas, felizmente, tinha boa vantagem. No fim da corrida eu fiquei bem preocupado com os pneus”, salientou o número 1 do mundo, que, de quase excluído da luta pelo título passou a ser o grande favorito ao tri-mundial. Mais uma vez, os méritos foram creditados ao trabalho da escuderia taurina na evolução significativa do RB8.

“Tenho de agradecer aos rapazes por cada um desses [pontos]. Os caras deram duro em cada noite, trabalhando duro no carro. Nós demos outro passo, e isso é exatamente o que precisamos. Espero que possamos seguir com esse momento para as próximas corridas”, comentou o vencedor do GP da Coreia do Sul.

Entretanto, apesar de a fase ser muito favorável, Vettel segue com os pés no chão e entende que ainda está muito longe do tri. “O campeonato tem sido de altos e baixos. Temos de estar focados em nós mesmos, precisamos ter os melhores resultados possíveis e avançar. E, no fim do ano, se tivermos os pontos suficientes, haverá muita gente que não terá que se preocupar conosco”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube