F1
09/05/2017 07:00

Vettel já tem princípio de acordo com Mercedes para temporada 2018 da F1, diz jornalista italiano

Leo Turrini, conhecido pela sua proximidade com a Ferrari, escreveu na semana passada em seu blog que a Mercedes já tem um princípio de acordo com Sebastian Vettel para a próxima temporada. Mas a escuderia de Maranello aposta na fase vencedora para seduzir o tetracampeão a continuar e renovar seu contrato
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Sebastian Vettel (Foto: Ferrari)
 

Assim como Kimi Räikkönen, Sebastian Vettel tem contrato com a Ferrari até o fim desta temporada, fato que começa a suscitar rumores sobre uma eventual transferência para a Mercedes a partir de 2018. Segundo o jornalista italiano Leo Turrini, conhecido no paddock por ser próximo à escuderia de Maranello, Niki Lauda chegou a confidenciar entre amigos que Vettel já tem um princípio de acordo com a Mercedes para o ano que vem. No entanto, a Ferrari aposta na fase vencedora para seduzir o alemão a renovar seu contrato.

Em texto publicado no seu blog na última sexta-feira (5), Turrini conta que “não é mistério para ninguém que logo após a súbita aposentadoria de Nico Rosberg, a Mercedes entrou em contato com Sebastian Vettel”. O jornalista também diz que, durante os testes de pré-temporada em Barcelona, Lauda, em conversa reservada com amigos, disse que a equipe prateada já tinha um princípio de acordo com o tetracampeão.
A imprensa italiana diz que Vettel pode trocar de uniforme em 2018 (Foto: AFP)
Mas então veio o começo da temporada e tudo mudou. A Ferrari, que veio de um 2016 decepcionante e sem nenhuma vitória, briga pelo título e tem Vettel na liderança do Mundial de Pilotos com 13 pontos de vantagem para Hamilton. Durante o fim de semana do GP da China, Sergio Marchionne foi questionado sobre os contratos dos seus atuais pilotos e respondeu prontamente: “É o menor dos nossos problemas”.
 
A Ferrari, segundo Turrini, aposta na mística que é para um piloto defender a equipe italiana e conquistar um título mundial na F1, algo que não acontece desde Räikkönen há dez anos. 
 

Embora a Mercedes também tenha mostrado a capacidade de levar seus competidores ao título, como aconteceu com Lewis Hamilton em 2014 e 2015 e com o próprio Rosberg no ano passado, “ser campeão pela Ferrari não tem preço”, como escreve o jornalista. Assim, com toda a aura que cerca um piloto campeão com a Ferrari, a escuderia de Maranello pretende seduzir Vettel a estender seu vínculo por mais algumas temporadas.
 
A Mercedes, por sua vez, tem contrato com Hamilton até 2018, enquanto firmou com Bottas um acordo apenas para a atual temporada. Recentemente, mesmo com a vitória surpreendente do finlandês no último GP da Rússia, Niki Lauda disse que é cedo para falar sobre renovação com o nórdico e que “só pensa no agora”.
 
EDGARD MELLO FILHO DÁ SHOW NO PADDOCK GP #76. ASSISTA AGORA