Vettel minimiza problema no final do GP da Índia e afirma que terceiro título não está garantido

Sebastian Vettel disse que, mesmo com a quarta vitória consecutiva, o terceiro título da F1 ainda não está garantido. O piloto, no entanto, se mostrou orgulhoso pela boa fase pela qual a equipe rubro-taurina atravessa

Sebastian Vettel continua imbatível na Índia. Neste domingo (28), assim como já havia acontecido em 2011, o alemão voltou a liderar todas as voltas da corrida e venceu com facilidade. No entanto, dessa vez quase que a vitória escapou pelos dedos. Faltando menos de dez voltas, o piloto da Red Bull teve um problema no assoalho do carro, com algumas faíscas saindo. Apesar disso, o germânico pôde manter o forte ritmo e receber a bandeira quadriculada com tranquilidade.

Após a corrida, Vettel afirmou ter notado o problema, mas não conseguiu explicar exatamente o que aconteceu. Mesmo assim, o piloto disse que não notou nenhuma diferença no carro e por isso continuou firme e forte para celebrar a vitória.

Vettel celebra vitória na Índia (Foto: Red Bull/Getty Images)

“Eu percebi o problema. Pensei que ele tinha começado quando usei a asa traseira móvel para ultrapassar um retardatário no fim da corrida. Mas eu não tive nenhum problema com o equilíbrio nas outras volta. Então, precisamos analisar o problema, mas não acho que isso tenha nos prejudicado”, declarou.

Fora essa tensão no final, o único momento em que Vettel não dominou a corrida foi logo na largada. Assim que as luzes verdes se apagaram, Mark Webber tracionou melhor e quase conseguiu a ultrapassagem. No entanto, o bicampeão conseguiu manter a ponta, passando a abrir cada vez mais para o companheiro de equipe.

Sebastian afirmou que se distanciar de Webber foi fundamental para que o parceiro não usasse a asa móvel. “Eu aproveitei bastante a corrida. Foi crucial abrir uma boa vantagem no início, para que Mark não pudesse usar a asa móvel. Foi bastante apertado na curva 1. Eu consegui tracionar bem na saída da curva 3 e pude abrir a diferença não só para Mark, mas também para os carros atrás”, avaliou.

A tática deu certo e em momento algum Vettel chegou a ser ameaçado por Webber – ou por qualquer outro piloto. Com isso, agora detém uma vantagem de 13 pontos para Fernando Alonso na classificação. O alemão, evidentemente, se mostrou satisfeito com o resultado, mas voltou a insistir que o terceiro título mundial não está garantido.

“Pensando no campeonato, esse foi um bom resultado para nós. Já vimos o quão rápido as coisas podem mudar. Isso é fantástico e foi muito bom ter uma corrida em que tudo aconteceu da maneira com que você queria. Estou muito orgulhoso disso. “Isso é tudo por hoje, e agora estamos focados em Abu Dhabi, na próxima semana. Ainda há mais pela frente, e estamos focados passo a passo”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube