Vettel quebra recorde da pista e põe Ferrari na briga com Mercedes no TL3 da Austrália. E Stroll já bate

Sebastian Vettel cravou 1min23s380 e quebrou o recorde do circuito de Albert Park. Com os mesmos pneus ultramacios usados também pela dupla da Mercedes, o alemão foi quase 0s5 mais rápido que Valtteri Bottas, que bateu Lewis Hamilton e terminou em segundo. Assim, a perspectiva é de um treino classificatório imprevisível para logo mais, a partir das 3h (de Brasília). Previsível, no entanto, era o desempenho de Lance Stroll, que bateu no fim do treino

#GALERIA(6968)

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A Ferrari começou o sábado (25) mostrando que está sim na briga contra a Mercedes. Sebastian Vettel encaixou ótima volta, conseguiu quebrar o recorde do circuito de Albert Park e, com 1min23s380, foi o mais rápido do terceiro treino livre do GP da Austrália. O tetracampeão do mundo superou a antiga marca, que pertencia a ele mesmo — 1min23s529, registrado em 2011, com a Red Bull — e desbancou de longe a dupla da Mercedes, enfiando quase 0s5 sobre os adversários. A surpresa foi a segunda colocação de Valtteri Bottas, que conseguiu bater Lewis Hamilton por 0s011. Assim, há a perspectiva de um treino classificatório bastante imprevisível logo mais, a partir das 3h (de Brasília).

No fim da sessão, o novato Lance Stroll cometeu um erro na saída da curva 10 e bateu seu Williams FW40, levando a direção de prova a acenar bandeira vermelha, interrompendo o treino. Na prática, acabou por encerrar a sessão, já que não houve tempo hábil para que nenhum outro piloto deixasse os boxes em Melbourne. A Williams terá de trocar o câmbio do carro #18 do canadense, correndo contra o tempo para deixar tudo pronto para o treino classificatório. Pela troca de câmbio, Stroll vai perder cinco posições no grid do seu GP de estreia na F1.

Kimi Räikkönen foi o quarto colocado, seguido por Nico Hükenberg, uma das boas surpresas deste sábado. Daniel Ricciardo acabou em sexto, à frente de outra surpresa do treino, Romain Grosjean. A Toro Rosso voltou a andar bem e colocou seus dois pilotos novamente no top-10, com Carlos Sainz em oitavo e Daniil Kvyat em nono. Kevin Magnussen, da Haas, fechou em décimo, logo à frente de Felipe Massa.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Sebastian Vettel acirrou a disputa com a Mercedes e quebrou o recorde de Albert Park (Foto: Reprodução/Twitter)

Saiba como foi o terceiro treino livre do GP da Austrália de F1

O terceiro treino livre do fim de semana em Melbourne começou com a chuva querendo dar as caras. E assim como aconteceu tanto no primeiro como também no segundo treino livre, Romain Grosjean foi o primeiro piloto a deixar os boxes no começo da tarde deste sábado na Austrália. Mas um dos pilotos mais procurados pelas câmeras no início dos trabalhos foi Antonio Giovinazzi, chamado de última hora para substituir Pascal Wehrlein no cockpit da Sauber.

Mas o primeiro piloto do dia a marcar tempo foi justamente o dono da casa. Daniel Ricciardo cravou 1min25s589 usando pneus supermacios no seu RB13. Em seguida, Massa completou seu primeiro tempo em 1min26s237. O brasileiro foi um dos primeiros pilotos a ganhar a pista, já que precisava ganhar quilometragem após o problema elétrico que afetou o funcionamento do câmbio do FW40 no segundo treino livre. Logo depois, Räikkönen subia para a ponta com 1min24s874.

Kimi Räikkönen teve o pneu traseiro esquerdo furado no começo do terceiro treino livre (Foto: Reprodução)

A Ferrari abriu o sábado querendo mostrar serviço e, depois de Räikkönen, era a vez de Vettel subir para a ponta. A escuderia de Maranello levou seus dois pilotos à pista com os pneus ultramacios. Mas a Ferrari enfrentou problemas com o 'Homem de Gelo', que teve o pneu traseiro esquerdo furado e ficou parado na curva 13. O finlandês conseguiu voltar lentamente à pista e se encaminhou aos boxes.

Vettel permanecia na pista e continuava melhorando seu tmepo, alcançando 1min23s989 com os ultramacios, que apresentaram baixo nível de desgaste na sexta-feira, tanto que Hamilton conseguiu completar nada menos que um stint de 25 voltas com os pneus 'roxos'. No seu melhor tempo, Lewis cravou 1min23s620, bem perto do recorde da pista. Tanto Hamilton quanto Valtteri Bottas levaram alguns minutos antes de registrarem as primeiras voltas do dia.

Giovinazzi, com o carro C36 #36 da Sauber, marcava seus primeiros tempos no seu reencontro com o bólido depois dos testes de pré-temporada. E o italiano não comprometia, fazendo um trabalho seguro no início da sua jornada em Melbourne. Enquanto o treino se desenrolava, a ameaça de chuva ia embora naquele momento, mas com a perspectiva de poder voltar durante a classificação.

Stoffel Vandoorne começou o sábado sem grandes problemas em Melbourne (Foto:McLaren)

Com 23 minutos de treino, enfim, a Mercedes começou a andar pra valer na Austrália neste sábado. Bottas foi o primeiro a abrir sua volta rápida. Com pneus supermacios, o finlandês cravou 1min24s628, subindo momentaneamente para segundo. Hamilton, também com supermacios, virou mais rápido que Bottas, 1min24s542, se colocando entre seu colega e Vettel. Räikkönen seguia em quarto, com Ricciardo em quinto e a dupla da Toro Rosso, Carlos Sainz e Daniil Kvyat, aparecendo bem, em sexto e sétimo, respectivamente. Massa tinha o décimo tempo com meia hora de sessão.

Depois de um breve tempo nos boxes, Räikkönen voltou à pista para mais um stint com os pneus ultramacios. E, logo na primeira volta, o veterano de 37 anos marcou 1min23s988, exatamente 0s001 mais rápido que Vettel, assumindo assim a liderança do treino. Mas Vettel respondeu em seguida com uma volta espetacular: 1min23s380, cravando o novo recorde de Albert Park. Restava saber se a Mercedes levaria seus pilotos à pista com os pneus ultramacios.

E levou. Bottas foi o primeiro dos pilotos da Mercedes a abrir volta com os ultramacios. O finlandês não conseguiu andar abaixo de Vettel e marcou 1min23s859, ficando apenas em segundo, bem longe do tempo do alemão. Hamilton veio em seguida e também não melhorou, apesar de ter feito a primeira melhor parcial do treino, ficando atrás de Bottas, em terceiro. Depois de uma sexta-feira até abaixo do esperado, a Ferrari finalmente mostrou suas garras para afirmar que pode, sim, lutar de igual para igual contra a Mercedes.

Quando restavam dez minutos para o fim da sessão, Lance Stroll cometeu um erro e bateu na curva 10, fazendo com que a direção de prova acenasse bandeira vermelha para interromper o treino, embora o cronômetro continuasse sem parar. Mas não hovue tempo para que os pilotos voltassem à pista. A sessão foi encerrada mesmo com Vettel à frente das Mercedes e de todo mundo na Austrália.


determinarTipoPlayer(“16173392”, “2”, “0”);

GRANDE PRÊMIO transmite todas as atividades do GP da Austrália de F1 neste fim de semana. Acompanhe tudo AO VIVO e em TEMPO REAL, com a estreia do livetiming.

F1, GP da Austrália, Melbourne, treino livre 3:

1 5 SEBASTIAN VETTEL ALE FERRARI 1:23.380   12
2 77 VALTTERI BOTTAS FIN MERCEDES 1:23.859 +0.479 12
3 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:23.870 +0.490 12
4 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI 1:23.988 +0.608 10
5 27 NICO HÜLKENBERG ALE RENAULT 1:25.063 +1.683 10
6 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL TAG HEUER 1:25.092 +1.712 15
7 8 ROMAIN GROSJEAN FRA HAAS FERRARI 1:25.581 +2.201 11
8 25 CARLOS SAINZ JR ESP TORO ROSSO RENAULT 1:25.948 +2.568 11
9 26 DANIIL KVYAT RUS TORO ROSSO RENAULT 1:26.049 +2.669 11
10 20 KEVIN MAGNUSSEN DIN HAAS FERRARI 1:26.138 +2.758 11
11 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:26.237 +2.857 15
12 33 MAX VERSTAPPEN HOL RED BULL TAG HEUER 1:26.269 +2.889 7
13 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES 1:26.457 +3.077 12
14 14 FERNANDO ALONSO ESP McLAREN HONDA 1:26.556 +3.176 7
15 2 STOFFEL VANDOORNE BEL McLAREN HONDA 1:26.699 +3.319 9
16 31 EST3BAN OCON FRA FORCE INDIA MERCEDES 1:27.103 +3.723 16
17 18 LANCE STROLL CAN WILLIAMS MERCEDES 1:27.327 +3.947 12
18 9 MARCUS ERICSSON SUE SAUBER FERRARI 1:27.402 +4.022 10
19 30 JOLYON PALMER ING RENAULT 1:28.320 +4.940 12
20 36 ANTONIO GIOVINAZZI ITA SAUBER FERRARI 1:28.583 +5.203 18
      107% 1:29.217 +5.837  

Os pneus são…
ultramacios | supermacios | macios

PADDOCK GP #70 FAZ PRÉVIA DE ABERTURA DAS TEMPORADAS DE F1 E MOTOGP E LEMBRA PACE

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube