Williams confirma anúncio de segundo piloto para 2020 após fim da temporada

Williams confirmou que o anúncio do companheiro de equipe de George Russell só vira após o GP de Abu Dhabi. Com saída confirmada de Robert Kubica, piloto de testes Nicholas Latifi é o favorito para a vaga. Canadense ocupou carro no TL1 no México e em Austin, e ocupará também no Brasil

As vagas na Williams para a temporada 2020 da Fórmula 1 estão bem encaminhadas, mas o anúncio oficial da dupla de pilotos para o próximo campeonato não será feito antes do encerramento do atual, que acontece em Abu Dhabi, no dia 1 de dezembro.
 
George Russell, vencedor da F2 em 2018 será mantido na equipe, e com provável parceria do canadense Nicholas Latifi, piloto de testes do time e que é cotado para entrar na vaga do polonês Robert Kubica, que anunciou sua saída da escuderia de Grove.
 
"O plano sempre foi ter o Nicholas Latifi no carro nas sessões de treino. Não é uma indicação clara, deixamos bem claro que não faremos nosso anúncio de segundo piloto para 2020 até depois de Abu Dhabi",declarou a chefe de equipe Claire Williams em conversa com jornalistas. 
Robert Kubica sairá da Williams ao fim de 2019 (Foto: Williams)
Latifi, que é segundo colocado na atual temporada da Fórmula 2, esteve no carro da Williams no primeiro treino livre dos GPs do México e dos Estados Unidos, e o mesmo acontecerá nas etapas do Brasil, a próxima do campeonato. Kubica, que retornou para a F1 oito anos após o seu grave acidente no rali Ronde di Andora, teve recentes desentendimentos com o time na Rússia e no Japão.
 
A Williams é a última colocada no Mundial de Construtores, com apenas 1 ponto somado por Robert Kubica no GP da Alemanha, em julho.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube