carregando
F1

Williams dá férias coletivas a funcionários e corta salário de pilotos e executivos em 20%

A Williams anunciou nesta segunda-feira (6) que adotou uma série de medidas para controlar os gastos na temporada 2020. O campeonato da Fórmula 1 sequer começou por conta da pandemia de coronavírus

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
A Williams anunciou nesta segunda-feira (6) a adoção de uma série de medidas para cortar os custos. Os rendimentos das equipes de Fórmula 1 caíram bastante por conta da suspensão das atividades em meio à pandemia de coronavírus.
 
Em um comunicado enviado à imprensa nesta manhã, a escuderia inglesa informou que deu férias coletivas a um grupo de funcionários e, além disso, cortou em 20% o salário dos pilotos e dos executivos do time. A Williams conta com aproximadamente 650 funcionários.
Nicholas Latifi (Foto: Williams)
Paddockast #55
Um bate-papo com... RUBENS BARRICHELLO


Ouça:
Spotify | iTunes | Android | playerFM

“Por conta da situação em curso envolvendo a Covid-19, a Williams está temporariamente colocando vários funcionários em férias coletivas como parte de uma ampla gama de medidas para cortar os custos”, disse a Williams em nota. “Esse período de licença vai durar até o fim de maio, enquanto que os executivos e os nossos pilotos terão um corte salarial de 20% a partir de 1 de abril”, seguiu.
 
“Essas decisões não foram tomadas de forma tranquila. No entanto, a nossa meta é proteger o emprego dos nossos funcionários em Grove e garantir que eles possam retornar ao trabalho em tempo integral quando a situação permitir”, completou.
 
O corte de 20% nos salários vai na linha das medidas adotadas pelo Reino Unido para reduzir o impacto econômico da pandemia. Para evitar demissões em massa, o governo implantou um sistema de licenças para empresas que foram duramente atingidas pelo isolamento social e vai assumir temporariamente o pagamento dos salários de quem não pode trabalhar. Quem entrar em licença, segue na folha de pagamento, mesmo sem atividade.
 
Pelo programa, as empresas podem reivindicar do governo 80% dos salários de seus funcionários, mas o montante está limitado a £ 2,5 mil (cerca de R$ 16,1 mil) mensais por pessoa. 
 
COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 
☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações se estiver doente.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.


 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.