Com morte de Hubert, Arden confirma apenas um carro no fim de semana na Itália

Em tributo à Anthoine Hubert, a Arden confirmou que alinhará apenas o carro da colombiana Tatiana Calderón na rodada dupla da Fórmula 2 na Itália. O piloto francês morreu após grave acidente na corrida 1 em Spa-Francorchamps, na Bélgica

A Arden confirmou que correrá apenas com um carro na rodada dupla da Fórmula 2 em Monza, na Itália, que acontece nos dias 7 e 8 de setembro. Com a morte de Anthoine Hubert, a colombiana Tatiana Calderón será a única representante da equipe na etapa italiana.
 
Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull e filho de Garry Horner, dono da Arden, confirmou a informação em entrevista à Sky Sports no domingo.
 
"Obviamente em Monza, aquele carro não vai correr. O carro foi retirado do evento. O esporte pode ser muito cruel, e infelizmente, foi um daqueles dias. Meu coração vai para a família, amigos e para Arden. Passei tempo com eles no sábado. Estão arrasados", declarou Christian.
Anthoine Hubert (Foto: FIA F2)
Com o carro #19, Hubert registrou vitórias nas corridas curtas de Mônaco e Paul Ricard. Ele somou 77 pontos e ocupava a oitava posição no campeonato.
 
Hubert morreu após um grave acidente na corrida 1 da Fórmula 2 em Spa-Francorchamps, na Bélgica. O piloto francês colidiu contra o muro na saída da curva Raidillon, e em seguida foi acertado em T pelo carro do equatoriano Juan Manuel Correa. Sua morte foi confirmada horas depois e comoveu o mundo do automobilismo, com homenagens por diversas partes, inclusive na Fórmula 1.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar