Com fé no potencial da Audi, Di Grassi espera eP de Santiago “totalmente diferente” de corridas anteriores

Lucas Di Grassi citou o calor forte esperado para o sábado na capital chilena e o traçado totalmente novos como motivos para uma corrida com traços diferente daqueles disputadas na Arábia Saudita e no Marrocos

Após duas primeiras corridas bastante diferentes em termos rendimento, em Ad Diriyah e Marrakech, Lucas Di Grassi vai para Santiago no Chile com expectativas um pouco melhores. O começo de temporada foi ruim, mas o desempenho melhorou bastante na etapa marroquina. A intenção, claro, é melhorar mais. 
 
Di Grassi, que tem nove pontos no campeonato, ressaltou a novidade do traçado chileno e a questão climática – a meteorologia prevê até 37°C de temperatura durante o sábado – como coisas que podem movimentar a prova num caminho diferente do que foi visto até agora.  
 
“Deve ser uma corrida totalmente diferente das duas que fizemos até aqui, na Arábia Saudita e no Marrocos. Primeiro por que será um traçado novo e o primeiro traçado 100% de rua. E também por causa das temperaturas, que serão muito mais altas e afetarão tudo, do comportamento do carro à condição física dos pilotos”, declarou.
 
Di Grassi espera uma reação maior da Audi, que trabalha sem desespero com relação à classificação do campeonato. Afinal, o chefe Allan McNish disse que ainda nem sabe como está a pontuação.
Lucas Di Grassi (Foto: Audi)

“A boa notícia é que tivemos um claro progresso no carro da primeira para a segunda corrida e estamos confiantes de que em Santiago daremos um passo adiante. Temos o potencial e acreditamos nele. A equipe está trabalhando duro e quando é assim os resultados tendem a aparecer. É isso aí, vamos para cima”, afirmou.

 
Pode parecer estranho falar em novo traçado chileno, visto que Santiago já recebeu a FE no ano passado, mas houve uma mudança de localização da corrida. Neste ano, a prova será realizada por dentro do Parque O'Higgins. A pista tem 2.348 m de extensão e um retão dos mais longos da FE.
 
“Só andando no traçado para saber com certeza, mas pelo desenho esse curvão será tratado em termos técnicos como se fosse uma reta – por que ele é quase isso. A principal característica do traçado usado em 2018 era ser muito ondulado. Vamos ver como está o piso este ano, mas pelo que vimos no layout da pista ela deve ser muito legal. Teremos uma boa corrida lá”, apostou.
 
A prova está marcada para as 17h (de Brasília) do próximo sábado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube