Evans ‘bate carteira’ da dupla da Audi e toma ponta nos segundos finais do TL2 da FE em Hong Kong. Di Grassi é 3º

Mitch Evans colocou a Jaguar no topo da classificação no segundo treino livre deste sábado (2) de Fórmula E em Hong Kong. O piloto da Nova Zelândia apareceu com o cronômetro quase zerado para superar os tempos de Daniel Abt e Lucas Di Grassi, que pareciam colocar a Audi no controle da situação

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

O desfecho do segundo treino livre para o eP de Hong Kong deste sábado (2) foi bem parecido àquele visto no treino inicial. Desta vez, no entanto, Sébastien Buemi ficou longe das primeiras colocações. Quem apareceu nos instantes finais para cravar o melhor tempo da atividade – e do dia até aqui – foi Mitch Evans. É uma indicação que a Jaguar tem de ser levada a sério no treino de classificação do traçado honconguês. 

 
Evans, que havia anotado o segundo melhor tempo no começo da manhã (pelo horário local), agora colocou um ponto de exclamação na participação da Jaguar nos treinos livres. O companheiro Nelsinho Piquet, que vai se acostumando com o carro que ainda pouco guiou, fez novamente um sétimo lugar e 0s687 de Evans.
 
Lucas Di Grassi liderou quase todo o treino e perdeu a ponta nos dois minutos finais. Terminou em terceiro, atrás de Evans e do companheiro Daniel Abt. Os três e Oliver Turvey, quarto colocado, cravaram tempos melhores que aquele de Buemi no TL1. 
 
Nick Heidfeld ficou com a quinta colocação, seguido por Sam Bird, Piquet, Felix Rosenqvist, Nicolas Prost e António Félix da Costa. São as duplas de Audi, Jaguar e Mahindra, além de uma NIO, uma Renault, uma Virgin e uma Andretti. Um pelotão bem dividido. 
Mitch Evans (Foto: Jaguar)
Sébastien Buemi explorou os limites da pista e chegou a tocar uma das barreiras de proteção enquanto contornava o cotovelo nos primeiros minutos do treino. Não teve grandes danos, mas maneirou no ritmo e ficou bem distante das voltas de 200 kw: terminou com o 19º posto, à frente apenas do novato Neel Jani. 
 
O treino classificatório começa à 1h (de Brasília), enquanto a largada para a primeira corrida da rodada dupla terá partida às 5h.
 
Confira como foi o segundo treino livre:
 
Após a liderança no começo do dia, Sébastien Buemi não lidou bem na primeira acelerada do segundo treino livre. O suíço chegou a tocar o muro no contorno da curva no hairpin, mas sem causar grandes problemas a seu carro. 
 
Em sua primeira volta com 200 kw de energia – a quantidade máxima -, Lucas foi para a ponta com 1min03s166. Uma volta já melhor que a de Buemi no TL1, mas ainda abaixo da pole-position marcada por Nelsinho Piquet no ano passado. 
 
Numa sessão de 30 minutos muito morna, Oliver Turvey ficava com o segundo posto – também melhor que o marcado por Buemi mais cedo – com cinco minutos de ação ainda no relógio. Nick Heidfeld, Sam Bird e Piquet formavam um top-5 com cinco equipes diferentes – Audi, NIO, Mahindra, DS Virgin e Jaguar. 
 
Uma curiosidade era que, na Venturi, o novato Mortara seguia à frente do companheiro veterano de Fórmula E Maro Engel. Mesmo com o bom rendimento do dia inicial, Mortara deu o azar de parar na pista com três minutos para o fim com problemas eletrônicos. Ruim não apenas para o italiano, mas também porque a bandeira amarela atrapalhou o momento preferido para as voltas a 200 kw.
 
A bandeira verde chegou até que rapidamente. O bastante para Daniel Abt superar Di Grassi por apenas 0s053. E quando parecia que o treino seria apenas das Audi, Mitch Evans voltou para mostrar que está afiado com a Jaguar. Com o relógio encerrado, o piloto da Nova Zelândia baixou do 1min03s: anotou 1min02s875.
 
Abt, Di Grassi, Turvey, Heidfeld, Bird, Piquet, Felix Rosenqvist, Nicolas Prost a António Félix da Costa fecharam o top-10.

FE, eP de Hong Kong, Treino Livre 2, Resultado final:

1 MITCH EVANS NZL JAGUAR 1:02.875   18
2 DANIEL ABT ALE AUDI ABT 1:03.113 +0.238 20
3 LUCAS DI GRASSI BRA AUDI ABT 1:03.166 +0.291 20
4 OLIVER TURVEY ING NIO 1:03.295 +0.420 14
5 NICK HEIDFELD ALE MAHINDRA 1:03.321 +0.446 13
6 SAM BIRD ING VIRGIN DS 1:03.441 +0.566 18
7 NELSINHO PIQUET BRA JAGUAR 1:03.562 +0.687 12
8 FELIX ROSENQVIST SUE MAHINDRA 1:03.571 +0.696 10
9 NICOLAS PROST FRA RENAULT 1:03.616 +0.741 20
10 António FÉLIX DA COSTA POR ANDRETTI 1:03.636 +0.761 19
11 ALEX LYNN ING VIRGIN DS 1:03.717 +0.842 19
12 JEAN-ÉRIC VERGNE FRA TECHEETAH 1:03.729 +0.854 14
13 EDOARDO MORTARA ITA VENTURI 1:03.909 +1.034 15
14 Kamui KOBAYASHI JAP ANDRETTI 1:04.293 +1.418 23
15 LUCA FILIPPI ITA NIO 1:04.349 +1.474 15
16 JÉRÔME D'AMBROSIO BEL DRAGON 1:04.503 +1.628 17
17 Maro ENGEL ALE VENTURI 1:04.563 +1.688 22
18 ANDRE LOTTERER ALE TECHEETAH 1:05.020 +2.145 15
19 SÉBASTIEN BUEMI SUI RENAULT 1:05.057 +2.182 22
20 NEEL JANI SUI DRAGON 1:05.342 +2.467 15
FIM DE UMA GERAÇÃO

GIAFFONE: “BRASIL TEVE SORTE POR TER PILOTOS POR TANTO TEMPO NA F1”

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube