Button acompanha passos de Hamilton e Rosberg e anuncia equipe na Extreme E

Campeão da Fórmula 1 em 2009, o britânico anunciou a entrada da JBXE na série elétrica off-road

Jenson Button é mais um nome de peso confirmado na Extreme E. O campeão de 2009 da Fórmula 1 se juntou aos ex adversários Lewis Hamilton e Nico Rosberg e anunciou uma equipe própria na categoria elétrica off-road.

A proposta da nova Extreme E é ser um “novo conceito esportivo e de entretenimento”. As corridas serão realizadas nos ambientes mais remotos do mundo para demonstrar a performance dos SUVs elétricos em condições climáticas extremas. Entre as novidades da categoria está a igualdade de gênero, já que as equipes têm de escalar um homem e uma mulher por carro inscrito. Nas corridas, serão duas voltas com sistema de piloto e copiloto, com os pilotos trocando de lugares após um giro.

JENSON BUTTON; FÓRMULA 1;
Jenson Button destacou o interesse pelo mundo do off-road (Foto: Divulgação)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Button explicou que já tinha a ideia da JBXE e elogiou a criação de Alejandro Agag e Ali Russell.

“A JBXE é uma coisa que vem de muito tempo e estou encantado e orgulhoso por anunciar a formação da equipe e a entrada no campeonato inaugural da Extreme E”, disse Button. “Peguei o vírus do off-road há alguns anos, o que me fez inscrever minha equipe em algumas corridas, inclusive a Mint 400 e até mesmo a Baja 1000. E eu absolutamente amei”, seguiu.

“Foi na mesma época em que ouvi sobre os planos para a Extreme E, que acompanhei com grande interesse. O que Alejandro Agag, Ali Russell e a equipe conseguiram criar é incrível”, elogiou. “Com a Extreme E, eles criaram um produto que vai oferecer corridas de primeira linha e entretenimento para os fãs, mas que também serve para sublinhar o impacto da mudança climática. Ao mesmo tempo em que iremos, claro, competir para vencer na pista, de maneira coletiva também iremos maximizar a conscientização enquanto corremos em locais que foram danificados ou afetados pela mudança climática ao longo dos anos”, apontou.

O britânico citou que a categoria pode ter um papel importante para mostrar os impactos da mudança climática no mundo.

“Além da conscientização, a Extreme E também está comprometida com iniciativas de legado em cada destino, o que ajuda a proteger ecossistemas já danificados ou impactados pela mudança climática”, sublinhou. “Na pista, fico encantado em dizer que tem alguns oponentes de nível mundial para competir lado a lado e a Extreme E é a primeira classe mundial que realmente dá igualdade para pilotos homens e mulheres, tanto como companheiros de equipe quanto como rivais na pista”, completou.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube