FE

Massa revela problema com carro e retruca ofensa de Piquet em Marrakech: “Não é um grande exemplo”

Felipe Massa respondeu Nelsinho Piquet após o eP de Marrakech deste fim de semana. Piquet chamou Massa de “amador” durante o primeiro treino livre por uma entrada brusca no pit-lane, o que Felipe justificou como motivado por um problema na direção do carro. Aproveitou ainda para cutucar o compatriota
Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
 Nelsinho Piquet se irritou com Felipe Massa (Foto: Reprodução/Twitter)
Felipe Massa teve um sábado muito complicado no eP de Marrakech. Na segunda corrida dele pela Fórmula E, viveu às voltas com diferentes problemas e ainda teve de ouvir coisas desagradáveis. Em especial de Nelsinho Piquet, a quem respondeu após a prova dizendo não se tratar de "um exemplo".
 
O incidente aconteceu no primeiro treino livre, quando Piquet estava chegando perto de Massa na próximo à entrada no pit quando Felipe fez um movimento em direção ao pit-lane. Piquet não gostou, disse no rádio que esperava que a FIA estivesse vendo e chamou o compatriota de "amador".
 
Massa, por sua vez, contou que tinha um problema e não estava conseguindo controlar a direção do carro, por isso foi diminuindo a velocidade até ser capaz de entrar no pit-lane para que a equipe realizasse uma avaliação. 
Felipe Massa (Foto: Venturi)
"Eu acho que é muito triste, porque tive um problema com o carro. Perdi o controle do carro, então por isso eu estava parando e fui direto para o pit", disse.
 
"Ele não é um grande exemplo. As coisas que está fazendo e dizendo [não são exemplares]", falou. 
 
O piloto garantiu que a única coisa que aconteceu de sua parte foi um problema técnico.  
 
"Não me importo com o que ele diz, para ser sincero. A única coisa que eu posso dizer é que não fiz nada errado. Apenas tive um problema técnico com o carro e estava parando o carro. Não fiz nada de propósito contra ninguém", afirmou.
Nelsinho Piquet após a batida no GP de Singapura de 2008 (Foto: Twitter)
A rixa entre Massa e Piquet é de longa data. O famoso 'Crashgate' do GP de Singapura de 2008, quando a Renault arquitetou um plano para Piquet bater propositalmente, causar um safety-car e beneficiar Fernando Alonso, acabou prejudicando Massa - que liderava aquela corrida antes da batida de Nelsinho. Massa acabou a corrida no 13º lugar, sem pontos. No fim do ano, perdeu o título para Lewis Hamilton por apenas um tento.

Tanto Massa quanto Piquet terminaram o eP de Marrakech fora da zona de pontuação.