Loeb e Gutiérrez colocam X44 na ponta da classificação do Extreme E na Arábia Saudita

Cristina Gutiérrez e Sébastien Loeb, da X44, conquistaram o tempo de 21min55s998 nas duas sessões de classificação e garantiram vaga na semifinal de domingo (4)

Claudia Hürtgen sofreu um acidente assustador durante a classificação da Extreme E na Arábia Saudita (Vídeo: Extreme E)

Mesmo sem nem guiar, Lewis Hamilton dá um jeito de liderar um grid. Na classificação que abriu a temporada da Extreme E na Arábia Saudita, a X44 ficou com o melhor tempo acumulado deste sábado (3), com um total de 21min55s998, e conquistou o posto de honra para a etapa árabe. Sob o comando de Cristina Gutiérrez e Sébastien Loeb, a equipe que tem como proprietário o heptacampeão mundial de Fórmula 1, garantiu vaga para a primeira semifinal deste domingo.

Por causa de dois incidentes e uma quebra, a sessão teve a participação de apenas seis das novas equipes inscritas no novo campeonato. Diante disso, a semifinal 1 vai ter também a Acciona Sainz, do bicampeão mundial de rali, Carlos Sainz e da experiente Laia Sanz, com o tempo de 22min55s998. E a Rosberg X Racing, de propriedade do campeão mundial de Fórmula 1 de 2016, Nico Rosberg, que anotou o tempo de 22min46s823. Porém, por conta de uma punição de 12 segundos, o time que tem o tricampeão mundial de rali, Johan Kristoffersson, e a australiana Molly Taylor, ficou com a terceira melhor marca.

A categoria off-road com carros elétricos possui um regulamento muito particular. O agregado das duas classificações leva à segunda fase do fim de semana. As três equipes com melhores tempos vão para a primeira semifinal, as três do meio vão para a segunda semifinal e as três piores vão para a terceira. Cada uma dessas semifinais reserva novas disputas, com a primeira dando duas vagas na final e as outras duas dando apenas uma cada. Em outras palavras, quatro equipes vão para a grande final da etapa, com uma briga franca pela vitória.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Como terminou o classificatório do XPrix da Árabia Saudita (Foto: Reprodução)

Para a segunda semifinal, as equipes que terminaram as duas partes da classificação entre a quarta e a sexta colocações asseguraram vaga, sendo elas: Andretti United Autosports, Hispano-Suiza e JBXE, de propriedade de Jenson Button, campeão mundial de Fórmula 1 em 2009. Já para a terceira semifinal, classificaram-se os times que ocuparam as três piores colocações: a Ganassi, a ABT Cupra e a Veloce Racing.

A primeira sessão de testes marcou também o primeiro grande acidente da história da categoria. A alemã Claudia Hürtgen, da ABT, perdeu o controle do carro da equipe e capotou diversas vezes. A pilota não sofreu qualquer ferimento. Por conta dos sérios danos no carro, a equipe não participou da segunda parte dos treinos classificatórios, mas a dupla deve fazer parte das semifinais da etapa árabe neste domingo.

No domingo (4), às 3h (horário de Brasília) serão realizadas a semi-final do fim de semana e a ‘crazy race’. Já ás 7h (horário de brasília), a categoria realiza seu primeiro XPrix da história, que será sediado na Arábia Saudita.

LEIA TAMBÉM
+Claudia Hürtgen perde controle do carro e capota durante classificação da Extreme E
+Pilotos famosos, missão ecológica e formato mirabolante: conheça a Extreme E

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar