Vitórias colocam Fontana e Rosate na briga na final da Seletiva. Papareli dorme líder com apenas um ponto de vantagem

Zaiya Fontana, Bruno Bertoncello e João Vitor Rosate foram os vencedores das três primeiras corridas da 17ª final da Seletiva de Kart Petrobras. Torneio continua nesta quarta-feira com a definição do campeão, que leva um cheque de R$ 64 mil

MAIS

Confira o hotsite especial da Seletiva no GRANDE PRÊMIOAcesse o site oficial da Seletiva Petrobras
Zaiya Fontana, Bruno Bertoncello e João Vitor Rosate venceram as primeiras corridas da final da Seletiva de Kart Petrobras, na Granja Viana, mas é Vinícius Papareli quem vai dormir na liderança antes do dia decisivo do torneio.

Papareli, que fizera 100% dos pontos nas tomadas de tempos, perdeu para Zaiya na prova do primeiro dos três grupos. O paulista, contudo, tem um ponto de vantagem para Bruno Bertoncello, o adversário mais próximo. O top-3 é completado por Gaetano di Mauro, sendo que o equilíbrio é grande até o sexto colocado: Gabriel Sereia está só seis pontos atrás de Papareli.

“Foi um dia muito bom e estamos saindo na liderança, com um ponto de vantagem. Consegui liderar todas as tomadas, só na corrida que eu cometi um erro na largada, mas isso não vai se repetir. Conhecer o formato da final ajuda muito e já sei o que é melhor pra amanhã. Vamos esperar as corridas e ver o que vai acontecer”, disse o líder da pontuação, vice-campeão em 2013 neste mesmo kartódromo.
 

#GALERIA(5499)

Na primeira bateria, Zaiya passou Papareli e Sérgio Crispim na primeira volta para tomar a ponta. Juan Vieira também passou por Crispim e foi para terceiro. Zaiya e Papareli foram mantendo um ritmo bem parecido, fazendo suas melhores voltas na casa de 40s2. Mas o carioca não deu chances para que o paulista o ultrapassasse e venceu com dois karts de vantagem. Crispim, em último, foi o primeiro confirmado na repescagem.

"Larguei em terceiro, na largada consegui passar o segundo colocado e, na mesma volta, o Papareli. Sabia que sendo uma pista com poucos pontos de ultrapassagens, não podia perder tempo e a oportunidade", comentou Zaiya.

No grupo 2, Bertoncello disparou em primeiro. Aproveitando bem a vantagem de largar na pole, deixou a briga pra quem vinha atrás, e Luiz Branquinho foi quem se viu sob ataque. Pouco após a metade da prova, foi ultrapassado por Luiz Matheus e, na volta final, por Gabriel Silva, caindo para último.

"Essa primeira foi relativamente fácil. A gente conseguiu abrir uma boa vantagem para o segundo colocado e assim conquistamos esses importantes cinco pontos pra fechar o dia na vice-liderança", falou Bertoncello, que, a exemplo de Papareli, está em sua terceira final.

Na terceira e derradeira prova da terça-feira, Gaetano di Mauro saiu bem mantendo a pole, mas perdeu rendimento no decorrer da disputa e acabou ultrapassado e superado por João Vitor Rosate. O goiano partiu para a vitória, enquanto Di Mauro, com algum esforço com um motor que, segundo ele, "estava falhando um pouco", segurou Gabriel Sereia para somar três pontos e se manter no top-3. "Como os karts são muito parecidos, se falha um pouquinho já fica bem difícil", comentou Gaetano.

De acordo com a organização, na verdade, o motor bateu no limitador de giro. "O que ele entendeu como falha, uma coisa ruim, na verdade é uma coisa boa, porque o motor chegou a atingir o limitador", disse Binho Carcasci.

João Vitor Rosate venceu a terceira bateria e deu um bom salto para entrar na briga (Foto: Fabio Oliveira/Radical Motors)

Classificação após as primeiras baterias eliminatórias:

1) Vinícius Papareli — 21 pontos 
2) Bruno Bertoncello — 20 pontos 
3) Gaetano di Mauro — 18 pontos 
4) João Vitor Rosate e Zaiya Fontana — 17 pontos 
6) Gabriel Sereia — 15 pontos 
7) Luiz Branquinho e Sérgio Crispim — 13 pontos  
9) Gabriel Silva  — 11 pontos
10) Luiz Matheus — dez pontos
11) Juan Vieira — nove pontos
12) Murilo della Coletta — sete pontos

Próxima atividade:
 
As atividades da Seletiva Petrobras serão retomadas na manhã de quarta-feira, com a disputa da repescagem entre o último colocado de cada um dos três grupos. Só o vencedor se junta aos outros nove finalistas na segunda rodada de baterias eliminatórias, em que serão disputadas duas provas com cinco pilotos cada. Os dois melhores de cada uma passam automaticamente para a final. Dos outros seis, o que tiver mais pontos também avança, e os cinco que restarem fazem uma segunda repescagem.

Grupos da segunda bateria eliminatória:

Grupo 1: Bruno Bertoncello, Vinícius Papareli, Gaetano di Mauro, Gabriel Silva e Gabriel Sereia
Grupo 2: Zaiya Fontana, João Vitor Rosate, Luiz Matheus, Juan Vieira e o vencedor da repescagem
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube