Kimball promete retorno após eliminação no Bump Day da Indy 500: “Machuca”

Charlie Kimball foi eliminado no Bump Day pela primeira vez na carreira. Piloto quer analisar para entender o que deu de errado na Foyt no domingo

Álex Palou foi a primeira vítima na classificação em Indianápolis (Vídeo; Reprodução)

Pela primeira vez na carreira, Charlie Kimball foi eliminado no Bump Day e não vai alinhar nas 500 Milhas de Indianápolis. Com a Foyt, o piloto de 36 anos não conseguiu superar a Paretta de Simona de Silvestro e ficará fora da tradicional prova pela primeira vez desde 2010.

Terceiro colocado em 2015, o piloto afirma que não tem respostas para o que aconteceu com o desempenho da Foyt neste domingo. Os outros carros da equipe, guiados por J.R. Hildebrand, Dalton Kellett e Sébastien Bourdais vão participar da corrida.

“Ainda não temos uma resposta. Se tivéssemos, faríamos hoje, mas acho que precisamos voltar. Existem algumas questões que precisamos responder, e assim que conseguirmos isso, vamos entender o que aconteceu de errado, o que deu certo e aprender com isso. No fim do dia, nós executamos, tínhamos tudo no nosso controle e executamos. Posso encontrar zero culpa de todo o time. Vamos olhar, vamos aprender, vamos ser melhores por isso”, disse Kimball.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Charlie Kimball foi um dos eliminados do Bump Day (Foto: IndyCar)

Kimball foi um dos pilotos que fez uma nova tentativa, mas não encontrou aderência ideal no oval e piorou o tempo em relação à primeira ida. O piloto lamentou a eliminação, especialmente pelo trabalho da Foyt durante toda a noite.

“A quantidade de pessoas trabalhando no carro #11 foi impressionante. Preparar, tentar, encontrar o máximo que poderíamos para ir para a pista. Eles fizeram um grande trabalho, mudamos tudo menos chassi e motor, e ao mesmo tempo ainda ficamos com a velocidade da semana. Machuca, e machuca muito para o time também”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar