Chilton abre mão de ovais em 2019 e dá lugar a Daly nas etapas do Texas, Iowa, Pocono e Gateway na Carlin

Dono de excelente participação nas 500 Milhas de Indianápolis com a Andretti, Conor Daly foi confirmado pela Carlin para a vaga de Max Chilton nos quatro ovais que restam no calendário

A Carlin segue em intensa reformulação com a temporada em andamento. Após Pato O'Ward ser sacado dos dois ovais curtos do calendário, Max Chilton abriu mão de disputar as quatro corridas restantes em ovais e, assim, o time fechou com Conor Daly para ser substituto.
 
Daly era um dos cotados para a vaga deixada por O'Ward no carro #31. Agora, assumindo o #59, Charlie Kimball ganha mais força para fazer os dois ovais curtos no lugar do mexicano, especialmente já tendo confirmada a presença no Texas e em Pocono
 
Sem disputar a temporada completa da Indy desde 2017, Conor chega embalado pelo décimo lugar conquistado na Indy 500 com a Andretti, fazendo pilotagem muito competente a etapa inteira. O melhor resultado do americano na categoria é um segundo lugar em Detroit em 2016 com a Dale Coyne e, em ovais, um quinto posto em Gateway, no ano retrasado de Foyt.
Max Chilton (Foto: Indycar)

"Quero agradecer a todos da Carlin pela chance de voltar a guiar no Texas. Gostei muito de trabalhar com a Carlin em 2011, ainda na Europa, então estar com eles agora na Indy vai ser muito especial. Estou ansioso para contribuir com o time da melhor forma possível", disse Daly.

 
Com a ausência anunciada para as quatro provas em ovais curtos e longos, Chilton tem pela frente apenas mais cinco etapas em 2019, nos mistos de Road America, Mid-Ohio, Portland e Sonoma e nas ruas de Toronto. O inglês sequer se classificou para a Indy 500 e vem em último entre os titulares na temporada.
 
"Gostaria de agradecer a todos por apoiarem minha decisão de não correr mais em oval nesse ano. Planejamento de risco é algo que nós valorizamos bastante. Estou animado para o Aeroscreen, impressionado com o trabalho que a Indy vem fazendo nessa estrutura inovadora. Por enquanto, meu foco segue em ajudar a Carlin da melhor forma possível", comentou Chilton.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube