Dixon lamenta incidente na largada em Elkhart Lake: “Está sendo um ano daqueles”

Scott Dixon ainda chegou em quinto no GP de Elkhart Lake, mas lamentou o toque que recebeu de Ryan Hunter-Reay na largada e as complicações que vem vivendo em 2019

Scott Dixon é o atual campeão da Indy, o maior nome do grid e conhecido por todos por sua regularidade. No entanto, 2019 está sendo diferente e o neozelandês tem errado e estado em bem mais confusões que o normal. Em Elkhart Lake, não fez boa classificação e acabou acertado na largada por Ryan Hunter-Reay, tendo de fazer uma enorme corrida de recuperação até o quinto lugar. E Scott sabe que não está sendo um ano fácil.
 
O piloto da Ganassi, que chegou a andar bem próximo de Will Power e Josef Newgarden, acredita que o pódio seria uma realidade sem o enrosco da largada com Hunter-Reay.
 
"Acho que, sem o problema da largada, perdendo várias posições e mais de 10s, talvez eu brigasse por pódio. Precisamos mudar os planos e trabalhar na recuperação. Mas é assim que as coisas são, acontece mesmo e você precisa baixar a cabeça e trabalhar para ganhar tudo de novo", disse.

Scott Dixon teve um GP de Elkhart Lake de recuperação (Foto: Indycar)

Sem querer jogar a toalha, Dixon admitiu que não está vivendo um ano regular, mas fala em continuar pontuando da forma que der.

 
"Tem sido um ano daqueles, essas coisas têm acontecido. Precisamos manter a calma e seguir somando pontos", completou.
 
Apesar de já ter vencido e ter ido ao pódio em cinco corridas, Dixon agora tem 308 pontos e vem em quarto no campeonato, 94 atrás do líder Josef Newgarden.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube