Indy

Ericsson perde controle do carro no pit-lane e encerra estreia na Indy 500 com batida frontal no muro

A participação de Marcus Ericsson em sua primeira Indy 500 foi de 138 voltas. Neste giro, quando entrou no pit-lane para troca de pneus e reabastecimento, perdeu o carro na freada e foi de frente para o muro

Grande Prêmio / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
As chances de vitória do novato Marcus Ericsson ficaram pelo caminho durante a entrada dele no pit-lane durante a volta 138 das 500 Milhas de Indianápolis deste domingo (26). O piloto da SPM perdeu a frente do bólido quando freou e foi direto no muro.
 
Ericsson estava rodando o top-15 desde o começo da prova, quase nunca saindo disso nem para cima e nem para baixo. No momento da antepenúltima janela normal de pit-stop, vinha para mais uma troca de pneus e reabastecimento quando a freada custou o controle do carro. 
Marcus Ericsson bateu na entrada do pit-lane (Foto: Reprodução)
Desta forma, o novato termina a primeira participação nas 500 Milhas de Indianápolis, até positiva até a corrida, com uma batida completamente sozinho. 
 
Antes dele, Colton Herta e Ben Hanley abandonaram com problemas no carro, ao passo que Kyle Kaiser bateu na pista e Jordan King chegou a atropelar um mecânico, apesar de não ter abandonado a corrida. Helio Castroneves e James Davison também jogaram a prova pelo alto com uma colisão no pit-lane. 


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.