Castroneves reclama de falta de visibilidade após 14º em Indianápolis: “Muita água”

O brasileiro Helio Castroneves chegou a andar entre os dez primeiros no GP de Indianápolis 1, mas acabou perdendo posições no final da prova quando a chuva voltou a cair com força

McLAREN OU ANDRETTI? É HORA DE ALEXANDER ROSSI ANALISAR FUTURO PELA INDY

O GP de Indianápolis 1 ficou marcado pela variação das condições climáticas, o que resultou em uma enorme confusão nas estratégias e erros dos pilotos na pista. O brasileiro Helio Castroneves largou na 19ª colocação e vinha fazendo uma boa prova de recuperação. O piloto da Meyer Shank parecia estar nos trilhos para conquistar seu segundo top-10 na temporada, mas tudo mudou quando a chuva voltou a cair com força.

Evitando contatos na pista, Helinho caiu para a 14ª colocação, enquanto seu companheiro de equipe, o francês Simon Pagenaud escalou o pelotão e terminou em segundo, melhor resultado da Meyer Shank em 2022. Castroneves culpou a falta de visibilidade pelo desempenho ruim na parte final da prova.

“Que dia maluco foi hoje. O carro #06 começou no final do grid, mas conseguimos evitar problemas por toda a corrida. Quando a chuva caiu, estávamos entre os oito primeiros, o que era incrível. Tínhamos um bom ritmo, evitamos as confusões na pista, mas a chuva caiu muito forte e, particularmente, não estava conseguindo enxergar nada, porque o vento dentro do carro estava jogando muita água”, explicou Helio após o GP de Indianápolis.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Helio Castroneves foi apenas o 14º em Indianápolis (Foto: IndyCar)

“Então, todas às vezes que tivemos uma relargada, estava muito preocupado de talvez bater em alguém ou ser atingido por outro carro. No final das contas, foi um bom dia para a equipe, com o carro #60 terminando em segundo. Parabéns ao Simon [Pagenaud], estou super feliz por ele!”, afirmou o brasileiro.

Castroneves vai agora em busca de um penta inédito na história das 500 Milhas de Indianápolis. O atual campeão da prova ganhou recentemente uma homenagem no Indianapolis Motor Speedway, com uma rua com seu nome.

“Agora é seguir em frente para a grande prova, que é a Indy 500, que será uma ótima corrida”, concluiu Helinho. A 106ª edição das 500 Milhas de Indianápolis está marcada para o dia 29 de maio, com cobertura completa do GRANDE PRÊMIO.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar