Indy

Indy cancela classificação por tempestade de raios e define grid na Luisiana por ordem no campeonato. Montoya é pole

Juan Pablo Montoya contou com a ajuda de uma tempestade de raios que cancelou o treino classificatório no GP da Luisiana e vai largar na pole na corrida deste domingo. Como a sessão não pode ser concluída, os pilotos vão largar nas posições em que terminaram o GP de São Petersburgo, primeira prova do ano
Warm Up / GABRIEL CURTY, de São Paulo
 Juan Pablo Montoya durante o treino livre do sábado na Luisiana (Foto: IndyCar)

Juan Pablo Montoya é o pole para o GP da Luisiana. Contudo, a posição de honra veio de maneira inesperada neste sábado (11): por causa de uma tempestade de raios, o treino classificatório foi cancelado no meio do grupo 2 e o grid foi definido pela classificação do campeonato. O colombiano tinha tido desempenho fraco em seu grupo e partiria do 15º lugar.
 
Desta forma, a segunda colocação é de Will Power, enquanto Tony Kanaan vai largar em terceiro. Helio Castroneves – que havia ido mal no grupo 1 – teve sorte com a chuva e parte do quarto posto. Simon Pagenaud é o quinto.
Juan Pablo Montoya com a Penske no circuito de NOLA (Foto: IndyCar)
Confira como foi o treino classificatório da Indy na Luisiana:
 
Após uma longa espera – 45 minutos, para ser mais exato –, os pilotos do grupo 1 foram encarar a chuva e uma pista bastante molhada no novo circuito da Luisiana.
 
E no primeiro grupo da classificação estavam: Simon Pagenaud, Will Power, Carlos Muñoz, Tony Kanaan, Sébastien Bourdais, James Hinchcliffe, Juan Pablo Montoya, Carlos Huertas, Helio Castroneves, Simona de Silvestro, James Jakes e Francesco Dracone.
 
O grupo prometia muito equilíbrio com os quatro pilotos da Penske, Kanaan e Bourdais. E começou com bastante movimentação a partir dos quatro minutos de sessão.
 
Muñoz saltou na frente, virando 1min41s3, seguido de pertinho por Power. Pagenaud, Kanaan, Bourdais e Castroneves eram os que completavam o top-6.
 
Os tempos começaram a cair com Power e Kanaan, mas despencaram quando surgiu Bourdais. O francês cravou um bom giro em 1min38s4.
 
Pagenaud e Kanaan vieram na sequência baixando mais um pouco o tempo. Com 3 minutos para o fim, o baiano era dono da melhor marca: 1min38s3.
 
No começo do minuto final do grupo 1, Jakes surpreendeu e conseguiu posicionar a sua Schmidt no sexto posto.
 
A sessão chegou ao fim com Bourdais ainda tomando a ponta. O francês colocou 1min38s0 como melhor marca do treino. Kanaan, Pagenaud, Muñoz, Power e um surpreendente Jakes fecharam o grupo dos seis melhores.
 
Castroneves não foi bem e ficou apenas no décimo posto do grupo, atrás ainda de Hinchcliffe, Montoya e Huertas. Simona e Dracone – não diga – completaram a classificação do grupo.
 
Contudo, Bourdais acabou punido por supostamente ter bloqueado Kanaan durante a sessão e perdeu seu melhor tempo. O francês caiu para último, colocando Hinchcliffe na segunda parte da classificação.
 
A argumentação de Bourdais e da KV fazia bastante sentido: Kanaan pode até ter sido atrapalhado, mas a ação não mudou nada o resultado final da sessão.
 
"Para estas coisas, tem de se ver o resultado. Mudou alguma coisa para Kanaan?", reclamou Bourdais.
Sébastien Bourdais durante o treino livre do sábado na Luisiana (Foto: IndyCar)
Chuva aperta, e Indy cancela classificação
 
O grupo 2 começou quando os relógios marcavam 19h18 (em Brasília). Nele estavam: Scott Dixon, Gabby Chaves, Sage Karam, Josef Newgarden, Charlie Kimball, Ryan Hunter-Reay, Stefano Coletti, Graham Rahal, Luca Filippi, Marco Andretti, Jack Hawksworth e Takuma Sato.
 
Os tempos começaram bem altos, com Newgarden puxando a fila com 1min43s8. Hunter-Reay, Dixon, Kimball, Andretti e Karam fechavam o top-6. 
 
As marcas não pareciam melhorar e a chuva só apertava. No momento em que um raio surgiu no céu da Luisiana, a direção de prova acionou a bandeira vermelha pela primeira vez.
Desta vez, a paralisação foi bem grande, a chuva seguia bastante forte e a direção de prova discutia se havia possibilidade da sessão ser reiniciada. Se fosse cancelado o treino, o grupo 1 seria anulado e o grid de largada formado a partir da classificação do campeonato — ou, no caso, o resultado de St. Pete. 
 
E assim foi. Melhor para as Penske, melhor, especialmente, para Montoya, que garantiu a pole e sorriu. Power larga no segundo lugar, seguido por Kanaan — que ficou decepcionado com a não realização do treino —, Castroneves — que foi benficiado, mas sabe que não tem o melhor dos carros — e Pagenaud.

Indy, GP da Luisiana, grid de largada:

1 JUAN PABLO MONTOYA COL PENSKE CHEVROLET
2 WILL POWER AUS PENSKE CHEVROLET
3 TONY KANAAN BRA GANASSI CHEVROLET
4 HELIO CASTRONEVES BRA PENSKE CHEVROLET
5 SIMON PAGENAUD FRA PENSKE CHEVROLET
6 SÉBASTIEN BOURDAIS FRA KV CHEVROLET
7 RYAN HUNTER-REAY EUA ANDRETTI HONDA
8 JACK HAWKSWORTH ING FOYT HONDA
9 LUCA FILIPPI ITA CFH CHEVROLET
10 MARCO ANDRETTI EUA ANDRETTI HONDA
11 GRAHAM RAHAL EUA RLL HONDA
12 JOSEF NEWGARDEN EUA CFH CHEVROLET
13 TAKUMA SATO JAP FOYT HONDA
14 CARLOS MUÑOZ COL ANDRETTI HONDA
15 SCOTT DIXON NZL GANASSI CHEVROLET
16 JAMES HINCHCLIFFE CAN SCHMIDT HONDA
17 GABBY CHAVES COL BRYAN HERTA HONDA
18 SIMONA DE SILVESTRO SUI ANDRETTI HONDA
19 SAGE KARAM EUA GANASSI CHEVROLET
20 STEFANO COLETTI MCO KV CHEVROLET
21 CHARLIE KIMBALL EUA GANASSI CHEVROLET
22 JAMES JAKES ING SCHMIDT HONDA
23 FRANCESCO DRACONE ITA DALE COYNE HONDA
24 CARLOS HUERTAS COL DALE COYNE HONDA
 
VIU ESSA? HOMEM INVADE PISTA DURANTE TREINO NA CHINA