Indy faz testes com novidades aerodinâmicas para melhorar 500 Milhas de Indianápolis

Poucos dias após fechar a temporada 2020, a Indy já voltou ao IMS e fez testes focando no próximo campeonato. A categoria levou para Indianápolis algumas novidades aerodinâmicas visando melhorar a disputa da Indy 500 2021 e as testou com seis pilotos

A temporada 2020 acabou, então a Indy já começa a pensar no campeonato de 2021. No final da semana passada, a categoria foi para Indianápolis, focando em melhorar o nível da Indy 500. Ao todo foram dois dias de testes e seis pilotos envolvidos, meticulosamente escolhidos.

Estiveram presentes no IMS Scott Dixon e Josef Newgarden, que duelaram até a última prova pelo título de 2020, bem como Pato O’Ward, destaque da McLaren, Ryan Hunter-Reay, como um representante da Andretti, além de Ed Carpenter, profundo conhecedor do Brickyard e dono de equipe, e Takuma Sato, atual vencedor da Indy 500.

A Indy 500 deve ter mais ação em 2021 que em 2020 (Foto: IndyCar)

A Indy utilizou sensores na dianteira e na traseira dos carros para entender alguns movimentos e impactos que novas peças aerodinâmicas causariam. 2020 foi o primeiro ano de aeroscreen e, com a pandemia de coronavírus, quase não houve tempo para testes. Assim, a categoria corre atrás do tempo perdido para ter uma edição ainda mais competitiva da Indy 500 2021, já que entendeu que a deste ano foi prejudicada pela turbulência grande que atrapalhou nas disputas.

O chassi utilizado foi o Dallara IR18, dos carros atuais, mas com algumas adaptações, especialmente no assoalho do carro, tentando entender a melhor forma do contato com a pista. Segundo a Indy, as mudanças vão servir exclusivamente para as 500 Milhas de Indianápolis.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube