Indy

Kanaan supera Ferrucci e lidera Carb Day movimentado e apertado nas 500 Milhas de Indianápolis

O Carb Day viu bastante equilíbrio e boas movimentações de pista em simulações de corrida para as 500 Milhas de Indianápolis. Tony Kanaan apareceu bem e superou uma série de pilotos da Honda, com Santino Ferrucci em segundo, apenas 0s005 atrás. Helio Castroneves foi 12º e Matheus Leist fechou em 30º

Grande Prêmio / GABRIEL CURTY, de São Paulo
A sexta-feira (24) em Indianápolis viu um Carb Day bem divertido. Ainda que os tempos pouco tenham sido mexidos durante a sessão, o equilíbrio e a movimentação dos carros em simulação de corrida deixou ótimas expectativas. Melhor para Tony Kanaan, que botou a Foyt e a Chevrolet na frente de um pelotão de pilotos da Honda. O brasileiro virou 39s908, apenas 0s005 melhor que Santino Ferrucci, da Dale Coyne.

Nada menos que outros quatro pilotos também ficaram no mesmo décimo da volta de Kanaan. Todos da Honda, aliás. Takuma Sato e Jordan King mostraram a força da RLL em terceiro e quarto, respectivamente, enquanto Graham Rahal deu um pouco de dor de cabeça para o time ao triscar o muro.

James Davison e Sébastien Bourdais repetiram a tendência dos companheiros próximos e, principalmente, mostraram um ritmo muito interessante com a Dale Coyne. Além de Ferrucci, em segundo, o time ainda teve o australiano em quinto e o francês em sexto.

Alexander Rossi foi sétimo colocado, na frente de Charlie Kimball, o segundo melhor carro da Chevrolet no Carb Day. Colton Herta e Will Power completaram o grupo dos dez primeiros. Helio Castroneves fechou em 12º, Matheus Leist foi 30º e Kyle Kaiser, o penúltimo, ficou menos de 0s7 atrás de Kanaan. Mais uma vez, apenas Ben Hanley apareceu bem atrasado, tomando 1s053 do brasileiro da Foyt.
Tony Kanaan liderou o Carb Day (Foto: IndyCar)
Saiba como foi o Carb Day

O Carb Day começou com um pequeno atraso pela secagem da pista após uma chuva que caiu pela manhã. Ben Hanley começou na frente com Jordan King, mas ambos viravam bem alto, em 42s.
 
Ed Carpenter e JR Hildebrand foram os primeiros a rodar abaixo de 41s, mas os tempos ainda cairiam bastante e progressivamente. Os três brasileiros já iam deixando suas boas marcas, com Helio Castroneves na sexta colocação.
 
James Davison rompeu a barreira de 40s, mas logo foi acompanhado por King e por Takuma Sato, que virava o novo líder do treino. O japonês cravava 39s917 com 14 voltas, mas chamava a atenção os 20 giros registrados por King em pouco tempo.
Carb Day bem movimentado (Foto: IndyCar)
A primeira bandeira amarela passou muito perto de acontecer com 50 minutos para o final. Mais uma vez, Graham Rahal tocou o muro, agora na curva 2, mas sem quebrar nada, sem jogar nada na pista, apenas alguns arranhões. 
 
Sébastien Bourdais se juntou ao grupo dos pilotos abaixo de 40s, mas um pouco mais lento que Davison, seu companheiro de Dale Coyne. Enquanto a pista pegava fogo com linhas de 3, 4 carros andando lado a lado e uma expectativa alta para a corrida, Tony Kanaan assumia a dianteira com 39s908.
 
Ainda que poucos tempos fossem mexidos na tabela, a simulação de corrida dava sinais bem animadores para os fãs da categoria. Mais uma vez, todos estavam separados por menos de 0s7 com exceção feita a Hanley, que seguia mais de 1s atrás.

Deu tempo apenas de uma mudança na segunda colocação, com Santino Ferrucci tomando a dianteira de um pelotão de seis Honda que perseguiam Kanaan, o intruso de Foyt e Chevrolet e justamente na liderança. 

Indy 2019, 500 Milhas de Indianápolis, Carb Day:

1 T KANAAN Foyt Chevrolet 39.908   40
2 S FERRUCCI Dale Coyne Honda 39.914 +0.006 64
3 T SATO RLL Honda 39.917 +0.009 64
4 J KING RLL Honda 39.940 +0.032 64
5 J DAVISON Dale Coyne Honda 39.944 +0.036 55
6 S BOURDAIS Dale Coyne Honda 39.949 +0.041 55
7 A ROSSI Andretti Honda 40.055 +0.147 44
8 C KIMBALL Carlin Chevrolet 40.062 +0.154 46
9 C HERTA Harding Honda 40.084 +0.176 59
10 W POWER Penske Chevrolet 40.136 +0.228 59
11 J HINCHCLIFFE SPM Honda 40.151 +0.243 45
12 H CASTRONEVES Penske Chevrolet 40.162 +0.254 49
13 J NEWGARDEN Penske Chevrolet 40.195 +0.287 72
14 S PIGOT Carpenter Chevrolet 40.196 +0.288 49
15 R HUNTER-REAY Andretti Honda 40.239 +0.331 38
16 C DALY Andretti Honda 40.240 +0.332 53
17 G RAHAL RLL Honda 40.261 +0.353 63
18 E CARPENTER Carpenter Chevrolet 40.272 +0.364 46
19 S DIXON Ganassi Honda 40.289 +0.381 54
20 F ROSENQVIST Ganassi Honda 40.321 +0.413 65
21 J HARVEY Meyer Shank Honda 40.363 +0.455 56
22 S PAGENAUD Penske Chevrolet 40.385 +0.477 64
23 M ANDRETTI Andretti Honda 40.391 +0.483 43
24 J HILDEBRAND DRR Chevrolet 40.402 +0.494 44
25 M ERICSSON SPM Honda 40.402 +0.494 54
26 P MANN Clauson-Marshall Chevrolet 40.428 +0.520 60
27 O SERVIÀ SPM Honda 40.429 +0.521 61
28 Z VEACH Andretti Honda 40.435 +0.527 59
29 S KARAM DRR Chevrolet 40.459 +0.551 41
30 M LEIST Foyt Chevrolet 40.504 +0.596 50
31 E JONES Scuderia Corsa Chevrolet 40.520 +0.612 58
32 K KAISER Juncos Chevrolet 40.596 +0.688 42
33 B HANLEY DragonSpeed Chevrolet 40.961 +1.053 36


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.