Indy

Karam fala sobre “redemoinho” na carreira e garante: “Não serei motivo de risadas”

Sage Karam assinou com a Carlin e disputará a etapa de Toronto da Indy. Competindo fora de Indianápolis pela primeira vez desde 2015, piloto revelou que passou por desmotivação na carreira e mostra determinação para garantir vaga no time de Trevor Carlin

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
Sage Karam faz seu retorno ao cockpit de um carro da Indy neste fim de semana, em Toronto. Após quatro participações consecutivas apenas na Indy 500, o piloto foi selecionado para substituir Patricio O’Ward na Carlin para a prova de rua no Canadá.
 
A última vez que Karam correu fora de Indianápolis foi em 2015, em Mid-Ohio, quando era piloto da Ganassi. Ele comentou sobre os últimos anos de carreira, e revelou que ficou desmotivado ao ver portas fechadas na categoria.
 
"Tem sido um redemoinho. Muitos altos e baixos e várias vezes em que estivemos próximos de entrar. Tive apoio de patrocínios, equipes e coisas de última hora que não deram certo. Eu tinha esperanças e do nada elas eram esmagadas. Fiquei triste comigo mesmo, porque é difícil ser derrubado assim e manter a fé, mas eu sabia que deveria continuar", disse em entrevista ao site norte-americano ‘Racer.com’.
Sage Karam (Foto: Indycar)
Karam também comentou sobre a possível falta de ritmo que sentirá após tanto tempo afastado dos circuitos mistos e de rua, mas ele garantiu que se esforçará ao máximo para chamar atenção da Carlin e manter a vaga no time, já que O’Ward competirá na Super Fórmula, no Japão.
 
"Espero estar no fim da classificação depois da primeira sessão? Provavelmente. Não ficarei feliz com isso, mas farei de tudo pra evitar que isto aconteça. Esperei tanto tempo pela oportunidade de correr na Indy em circuito misto após a Indy 500 que quero tirar o máximo dessa oportunidade, e fazer tudo ao meu alcance pra ter certeza que mereço esta chamada", comentou.
 
"Vou tentar abrir alguns olhos, porque é uma oportunidade que você recebe, e pode virar algo grande caso eu pilote em alto nível. Vou precisar aprender tudo muito rápido, mas estou confiante com os meus recursos e experiência que tenho em corridas. Me sinto confiante que não serei motivo de risadas", completou.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.