Líder do campeonato, Castroneves diz que “ganhou na loteria” por continuar na prova após batida

O brasileiro se disse muito contente em poder terminar na oitava colocação depois de precisar consertar o carro ao se envolver no engavetamento em uma relargada. Ele também celebrou a liderança do campeonato

Pode ser que a oitava colocação não tenha sido o resultado que Helio Castroneves esperava para a segunda bateria da Indy em Detroit. Entretanto, o piloto nada pôde reclamar. Ele foi um dos envolvidos no engavetamento logo no começo da prova, ao bater com violência no muro, mas mesmo assim conseguiu seguir na disputa para terminar entre os dez primeiros neste domingo (2).

Para continuar na corrida, Castroneves precisou visitar os boxes da Penske diversas vezes para fazer os reparos necessários enquanto a bandeira amarela ainda estava sendo acionada. Com o carro consertado, o piloto terminou em oitavo e disse que seguir na etapa após a forte batida foi “como se tivesse ganhado na loteria.”

O carro de Helio ficou assim após a batida (Foto: Chris Owens/Indy)

“Que dia longo nós tivermos hoje! Nós batemos, mas de alguma maneira ainda tivemos uma grande corrida”, disse o piloto brasileiro. “Crédito para a toda a equipe por consertar o carro e me colocar em uma posição de ter voltas muito boas no fim. Eu sinto como se tivéssemos acabado de ganhar na loteria para poder terminar no top-10”, declarou.

Com o resultado deste domingo, o brasileiro segue na liderança do campeonato, mas empatado com Marco Andretti. Os dois, porém, acabaram beneficiados, já que os principais rivais – Takuma Sato, Ryan Hunter-Reay e James Hinchcliffe – tiveram problemas. “Nós deixamos Detroit empatados na liderança do campeonato, que é onde queremos estar, então no geral foi um bom fim de semana”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube