McLaren encerra mistério e anuncia Ilott no #6 nas 500 Milhas de Indianápolis

Com Callum Ilott na McLaren, grid para a 108ª edição da principal corrida da Indy está definido. Pilotos vão à pista nesta terça-feira (14) para primeiros treinos livres

A McLaren anunciou Callum Ilott no #6 para as 500 Milhas de Indianápolis, principal corrida da Indy e que está marcada para o dia 26 de maio. Com a confirmação, agora todos os 34 carros inscritos para o evento tem seus respectivos pilotos, que irão à pista já nesta terça-feira (14), dia dos primeiros treinos livres no tradicional circuito oval.

Ilott vai para Indianápolis com moral elevada, após vencer ao lado de Will Stevens as 6h de Spa-Francorchamps, terceira etapa da temporada 2024 do Mundial de Endurance [WEC], realizada no último sábado (11) e com transmissão do GRANDE PRÊMIO. O britânico, inclusive, era cotado para assumir a vaga no #6 para toda temporada da Indy em 2024, após o time liberar David Malukas, lesionado depois de cair de mountain bike em fevereiro. No entanto, Ilott preferiu não romper o vínculo com a equipe Jota no WEC e Théo Pourchaire foi escolhido para o lugar. O francês competirá no restante do campeonato, exceto a Indy 500.

“É o sonho de todo piloto correr nas 500 Milhas de Indianápolis. Quero agradecer ao Zak [Brown, CEO da McLaren], Gavin [Ward, chefe da equipe na Indy] e Tony [Kanaan, diretor-esportivo] por fazer isso acontecer”, declarou.

Callum Ilott no #6 durante o Desafio do US$ 1 Milhão (Foto: Indycar)

“Sou grato por correr em um carro que conheço e na McLaren, onde tenho familiaridade. Apesar dos testes abertos em abril terem sido encurtados pelo chuva, fizemos voltas bem produtivas. Me sinto confortável na equipe e vamos juntos durante o mês de maio para dar nosso melhor na corrida”, comentou.

Ilott esteve no #6 da McLaren em três eventos em 2024, além de treinar em Homestead durante a pré-temporada: GP de São Petersburgo, Desafio do US$ 1 Milhão e os testes abertos da Indy 500, sempre andando próximo aos outros pilotos titulares, Pato O’Ward e Alexander Rossi. Vale destacar que o britânico correu entre 2021 e 2023 pela Juncos, mas encerrou o vínculo com a equipe em outubro do ano passado, mês seguinte ao fim da temporada.

“Callum traz experiência à equipe e pensamos que é uma adição valiosa para as duas principais semanas da temporada. Nos demos bem com ele nas primeiras corridas da temporada e estamos ansiosos para repetir isso em Indianápolis”, apontou Ward.

“Estou confiante de que o #6 estará brigando pelas primeiras posições na classificação e na corrida, assim como os outros carros da McLaren”, finalizou.

A Indy retorna nesta terça-feira (14), quando tem o início dos treinos livres para as 500 Milhas de Indianápolis. Entre sábado (18) e domingo (19), acontecerá a classificação da corrida mais importante do calendário, que acontece no próximo dia 26, com cobertura completa do GRANDE PRÊMIO.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente: Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Indy direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.