Newgarden admite que “tornou coisas mais difíceis” com 8º no grid em St. Pete

Josef Newgarden lamentou a má classificação em St. Pete. Piloto da Penske reconhece que tomou risco desnecessário, mas ainda acredita que pode ganhar do oitavo lugar

Na busca pelo tricampeonato da Indy, Josef Newgarden terá uma tarefa difícil no GP de St. Pete. O piloto da Penske largará apenas da oitava colocação na corrida do domingo. O rival Scott Dixon sairá de 11º.

Newgarden precisa descontar uma diferença de 32 pontos caso queira sair das ruas da Flórida com o título. O piloto lamentou um erro na decisão durante o Q2, onde foi eliminado.

Josef Newgarden decepcionou na classificação em St. Pete (Foto: Indycar)

“Apenas tornamos as coisas mais difíceis para nós mesmos. Arriscamos no Q2 e não foi na direção certa. Não conseguimos tirar o máximo, tive muitos erros e as voltas não foram limpas. Se eu fizesse uma volta limpa, seria suficiente para avançar, mas não completamos o trabalho”, disse o piloto em entrevista à NBCSN.

Newgarden é o atual vencedor do GP de St. Pete. Ele precisa torcer para Dixon, que larga em 11º, chegar abaixo do top-10.

“Ainda podemos vencer do oitavo lugar, só dificultamos um pouco para nós mesmos”, concluiu o piloto da Penske, campeão da Indy em 2017 e 2019.

A largada do GP de São Petersburgo está marcada para 15h30 (de Brasília) deste domingo. O pole-position é Will Power, da Penske.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube