Pocono mantém esperanças de renovação com Indy para 2020

Pocono recebe a próxima etapa da Indy, mas corre o risco de sair do calendário por conta dos baixos públicos desde o retorno, em 2013. CEO do autódromo mantém as esperanças da permanência em 2020

Pocono recebe a próxima etapa da Indy, no próximo dia 18, e o circuito corre o risco de sair do calendário da categoria americana. Presente desde 2013, após um hiato de 24 anos, o oval da Pensilvânia não vem atraindo grandes públicos, o que decepcionou em comparação às expectativas, além do trauma pelos acidentes de Justin Wilson, que veio a falecer e Robert Wickens, que ficou paraplégico.
 
CEO do autódromo, Nick Igdalsky comentou sobre a possível permanência de Pocono, que pode ser substituída por Richmond em 2020. Ele afirma que a decisão está na mão da categoria e que gostaria da Indy no “Tricky Triangle nos próximos anos”
 
"A bola está na quadra deles. Queremos a Indy aqui. Temos ideias para colocar na mesa, estamos apenas esperando ouvir de volta. Eu acho que eles têm outras coisas que estão trabalhando, mas estivemos nos comunicando. Se tudo se alinhar, é ótimo. Se não, temos opções que estamos olhando também, mas adoraria tê-los de volta. Amo ver os carros aqui. É uma sensação de velocidade inacreditável quando os carros passam na curva 1. Espero o retorno", disse em entrevista ao 'Motorsport.com'.
Alexander Rossi em Pocono (Foto: Indycar)
Stephen Starks, vice-presidente de promoção e relações de mídia, se esquivou sobre a renovação, mas afirmou que um novo encontro para negociações acontecerá no fim de semana da etapa, a 13ª da temporada.
 
"A Indy ainda está no processo para finalizar o calendário de 2020 e como Pocono se encaixa. Apesar de uma decisão não ter sido tomada, estamos conversando com os responsáveis pelo autódromo e estamos ansiosos em voltar lá para a nossa corrida, quando falaremos sobre o futuro", respondeu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube