Primeira mulher a correr Indy 500, Guthrie é eleita ao Hall da Fama de Indianápolis

A norte-americana tem história de pioneirismo no cenário do automobilismo dos Estados Unidos. Ainda, foi a primeira mulher a correr na Daytona 500 e Charlotte 600 da Nascar. Dale Earnhardt também vai ser homenageado

O pioneirismo de Janet Gunthrie ganhou um importante reconhecimento. Nesta semana, o oval de Indianápolis anunciou que a pilota vai ingressar no Hall da Fama do circuito, com uma cerimônia para coroar sua entrada.
 
A introdução vai acontecer em um jantar no dia 21 de maio, três dias antes da Indy 500. Quem também vai ser homenageado no evento é Dale Earnhardt, heptacampeão da Nascar.
 
A norte-americana tem história para ser orgulhar no automobilismo dos Estados Unidos. Seu envolvimento com Indianápolis começou em 1976, quando se tornou a primeira mulher a inscrever um carro na prova. Entretanto, falhou em conseguir se classificar e ficou fora da prova.
 
Mas sua glória não demoraria a vir. No ano seguinte, em 1977, se tornou a primeira mulher a classificar para a corrida, terminando em 29ª. Voltou a disputar a Indy 500 mais duas vezes, fechando em nona em 1978. Em 1980, não conseguiu garantir uma vaga.
Janet Guthrie (Foto: Reprodução)

O resultado de Janet foi ainda mais notável em 78, já que havia quebrado seu punho poucos dias antes da corrida. A pilota precisou usar uma proteção para estabilizar a lesão e pilotou o carro com apenas uma mão.
 

Guthrie também se tornou a primeira mulher a disputar uma corrida da Nascar em um oval longo, competindo na Charlotte 600 de 1976. Depois, ainda foi a primeira a correr em Daytona 500, terminando em 12ª. Na categoria de turismo norte-americana, teve quatro top-10, com um sexto lugar como melhor resultado.
 
A competidora conseguiu sua licença de pilota com 17 anos, passando seis anos como engenheira de pesquisa e desenvolvimento na indústria aérea. Chegou a ser candidata para o programa da NASA, mas a agência passou a exigir que os astronautas possuíssem doutorado. 
 
“Mais uma vez o painel de votação do Hall da Fama do circuito de Indianápolis escolheu duas pessoas excepcionais que tiveram papeis diretos em elevar o oval, tanto nos bastidores quanto no olhar do público”, falou Tony George, presidente do conselho de diretores da Fundação IMS.
 
“Dale Earnhardt abraços o Brickyard 400, especialmente em 1995, depois levando a corrida como um grande evento da Nascar, enquanto a coragem, profissionalismo e talento de Janet abriu o caminho para ótimas mulheres participarem do automobilismo”, encerrou.
 

Paddockast #48
MELHORES PILOTOS BRASILEIROS DA DÉCADA

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar