Enerson minimiza eliminação no Bump Day da Indy 500: “É o começo de nossa história”

RC Enerson reconheceu que as chances de classificação da Top Gun na Indy 500 eram bastante baixas. Piloto elogiou trabalho do equipe e espera que história não se encerre

Álex Palou foi a primeira vítima na classificação em Indianápolis (Vídeo; Reprodução)

Com poucas surpresas, RC Enerson foi um dos pilotos que não conseguiu se classificar para a edição 2021 da Indy 500. Com a Top Gun Racing, o piloto de 24 anos registrou o pior tempo nos dois dias de classificação e não vai alinhar na corrida, assim como Charlie Kimball, da Foyt.

Mesmo eliminado, Enerson agradeceu o esforço da Top Gun, que realizou a inscrição às vésperas do início dos treinos livres. Enerson, que não competia na Indy desde 2019, também fez sua estreia no mês de maio de Indianápolis.

“É o meu primeiro mês de maio. Claro que já fiz a Indy 100 [prova da Indy Lights], então entendo o que significa. Mas tentar classificar para as 500 Milhas, especialmente com um time que arrumou o carro um mês atrás, tudo novo, com muito esforço para testar em Gateway e depois vir aqui e ao menos ter a velocidade que tivemos, é um pouco incrível. Agradeço a todos. É o começo da nossa história, não o fim dela”, declarou o piloto.

RC Enerson não se classificou para a Indy 500 (Foto: IndyCar)

RC Enerson tem apenas quatro largadas na Indy. Três delas realizadas pela Dale Coyne, em 2016, e uma participação pela Carlin, em 2019. Mais recentemente, o piloto também apareceu na Xfinity Series, competindo pela SS Green Light, em 2020.

As 500 Milhas de Indianápolis acontecem no próximo dia 30, com bandeira verde marcada para às 13h45 (de Brasília).

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar