Rossi lamenta falha no motor antes da largada e punição dupla: “Minha noite acabou ali”

Alexander Rossi saiu completamente da briga no Texas antes mesmo da largada, com problemas para ligar o motor nos boxes. No fim, um 15º lugar de mãos atadas

Alexander Rossi teve uma complicadíssima prova de abertura na temporada 2020 da Indy. Um do grandes favoritos ao título, o americano da Andretti não se destacou na classificação e foi ainda pior na corrida, tendo um problema antes mesmo da largada e chegando em 15º sem nem figurar na volta dos líderes quase que o tempo inteiro. Para o piloto do #27, uma estreia decepcionante, mas que deixou algumas coisas de positivo.

Rossi comentou que a equipe não estava com o acerto engatilhado antes do treino livre e que foi um dia de correr atrás do melhor para o carro. No entanto, quando as coisas pareciam encaminhadas, o #27 parou ainda nos boxes, antes da largada, saindo atrasado e tomando uma punição por ajustes depois do tempo limite.

“A gente chegou para o final de semana cheio de dúvidas e, por isso, tentamos muitas coisas no treino livre. Acho que deixamos algumas posições na classificação, mas fizemos um bom trabalho considerando que tivemos um treino livre tão difícil. Estávamos otimistas para a corrida, mas aí o motor não ligou, problema elétrico, estava entre os carros que tiveram isso”, disse.

Alexander Rossi foi apenas 15º no Texas (Foto: Indycar)

A punição acabou duplicada, afinal, ao cumpri-la, Rossi excedeu os limites de velocidade nos boxes e recebeu outro drive-through. Ainda nas primeiras dez voltas, o americano já estava três atrás dos ponteiros. Dali para frente foi apenas minimizar o estrago.

“Tomei um drive-through porque mexemos no carro depois da hora permitida e depois outro porque o limitador de velocidade nos boxes travou. Ali, minha noite já tinha terminado, mas tentamos salvar o que dava. Terminar em 15º foi melhor do que nada e o time foi muito bem nas paradas, isso é importante, foi um dos pontos que em que focamos depois da temporada passada. Demos um passo na direção correta ali e voltaremos mais fortes daqui quatro semanas em Indianápolis”, completou.

Rossi vem de um terceiro lugar na temporada 2019 da Indy e é um dos principais favoritos ao título. O americano busca se recuperar de um GP de Indianápolis muito ruim que teve no ano passado, quando se envolveu em um acidente na largada com Pato O’Ward.

Paddockast #64 | OS PILOTOS MAIS SUBESTIMADOS DA HISTÓRIA
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube