Viso exalta importância de Chávez para automobilismo venezuelano: “Ele fez o esporte crescer”

Apoiado por uma petrolífera venezuelana, Ernesto Viso não teme que a morte do líder Hugo Chávez afete o andamento de sua carreira

A morte do presidente venezuelano Hugo Chávez, no início deste mês, não será um problema para a sequência da carreira de Ernesto Viso, garantiu o próprio piloto em entrevista ao Grande Prêmio. Apoiado por uma petrolífera estatal de seu país, EJ se mostrou tranquilo quanto ao futuro e exaltou a importância que Chávez teve para o esporte na Venezuela.

“Ele gostava de corridas e uma das coisas que ele fez foi apoiar”, declarou Viso. “Pudemos ver quantos pilotos venezuelanos surgiram nos últimos três ou quatro anos. Eles nunca estiveram lá antes devido a dificuldades financeiras. Agora, o país está por trás do esporte e considera importante que os venezuelanos representem o país. É um bom pensamento que tiveram”, defendeu o piloto. “Desde que ele assumiu o poder [em 1999], o esporte está crescendo. Ele era uma pessoa muito importante para o esporte, Não só na Venezuela, mas ao redor do mundo", completou.

As informações em tempo real direto de São Petersburgo
Castroneves diz que queria ver "osso duro de roer" Power na F1
As imagens da quinta-feira em São Petersburgo
A volta virtual em São Petersburgo
Especial Indy 2013

Carro de EJ Viso para a temporada 2013 da Indy (Foto: Renan do Couto/Grande Prêmio)

Questionado sobre seu futuro, Viso usou poucas palavras para demonstrar tranquilidade. “Não, eu não acho que [a morte de Chávez] vai afetar”, afirmou.

Em 2013, EJ está de casa nova: vai correr pela Andretti, no quarto carro da equipe campeã da última temporada com Ryan Hunter-Reay. Ele ainda está curtindo a mudança – instantes antes da entrevista ao GP, estava tirando fotos dos novos boxes. “Estou muito feliz por estar nesta equipe. Acho que é uma boa mudança para mim e estou ansioso para esta temporada. Definitivamente, vou me beneficiar por estar com essa organização forte. Estou muito empolgado”, concluiu.

A estreia no novo time acontece neste domingo (24), em São Petersburgo, na primeira etapa da temporada 2013. A largada está marcada para as 13h40 (de Brasília).

O Grande Prêmio acompanha ‘in loco’ a abertura da temporada 2013 da Indy, em São Petersburgo, com o repórter Renan do Couto

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube