De 13º no grid a 2º na chegada, Buemi fala em sorte no final e diz: “Fiz a corrida volta após volta”

Sébastien Buemi fez grande corrida e saltou do 13º para o 2º lugar. Piloto suíço falou que teve um pouco de sorte nas brigas do final e disse que fez uma corrida consciente

icon_foto As imagens do domingo do Desafio das Estrelas no Beto Carrero

Sébastien Buemi foi um dos grandes destaques do Desafio das Estrelas em Penha (SC). Neste domingo (12), o piloto suíço fez corrida de recuperação e conseguiu saltar do 13º para o segundo lugar, ficando atrás somente de Vitantonio Liuzzi, campeão da edição de 2014.

Buemi ganhou posições nas voltas iniciais e alcançou a quinta posição na metade da prova. Mais tarde, aproveitou momentos de disputa entre Felipe Massa, Júlio Campos e Lucas Di Grassi para saltar para o segundo. Nesse momento, admitiu que teve sorte por conseguir escapar da briga e colocar alguns karts de vantagem sobre os adversários.

Buemi foi ao pódio junto de Liuzzi e Massa (Foto: Duda Bairros)

O ex-piloto da Toro Rosso comentou a prova e analisou sua participação, apontando para um bom desempenho apesar de sua colocação no grid de largada.
 
 “O começo foi bom, mas eu cometi pequenos erros na classificação ontem, então tive que vir de trás. Foi uma grande corrida, várias brigas e, quando fui para terceiro, tive sorte com as brigas e, assim como Tonio, consegui abrir. Apenas fiz a minha corrida volta após volta, concentrado na minha pilotagem e pensando na pressão dos pneus e deu certo”, analisou o suíço.
 
Buemi correu por três anos na F1 e competiu em 2013 na WEC. O suíço é terceiro piloto da Red Bull na principal categoria do automobilismo e defende a Toyota no Mundial de Endurance.

GRANDE PRÊMIO cobre 'in loco' o Desafio das Estrelas, no Kartódromo Beto Carrero, com o repórter Renan do Couto. Acompanhe todo o noticiário aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube