Vídeo: Irritado, piloto italiano arremessa peça do kart contra rivais em etapa do Mundial

Campeão da KF3 em 2012, Luca Corberi teve atitude antidesportiva ao arremessar peça do kart contra competidores em etapa do Mundial CIK-FIA

Uma cena bizarra marcou a etapa do Mundial de Kart em Lonato, na Itália, neste domingo (4). O italiano Luca Corberi, que disputava a prova na categoria KZ, acabou abandonando após um acidente na curva 2. Irritado, arremessou uma peça do próprio kart na pista, em direção aos pilotos que corriam.

Corberi é conhecido no mundo do kartismo pelo título mundial em 2012, na categoria KF3, que também já teve campeões como Alain Prost, Fernando Alonso e Charles Leclerc. A família do kartista opera o kartódromo de Lonato.

A etapa do Mundial foi vencida pelo francês Jeremy Iglesias, seguido dos holandeses Marijn Kremers e Bas Lemmers.

Assista ao vídeo abaixo:

O momento em que Corberi arremessa peça do kart na pista (Vídeo: Reprodução/F1FeederSeries)

Em outro vídeo que circula nas redes sociais, Corberi encontra e agride o piloto com quem teve atrito dentro da pista, identificado como Paolo Ippolito. Na cena, também é possível ver o pai de Luca participando das agressões.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Os maiores pilotos da Fórmula 1 por aproveitamento

Lewis Hamilton é o maior piloto da história da Fórmula 1? Ou é Michael Schumacher? Ah, já sei, é o Ayrton Senna? Ok, nessas horas sempre vem aquele que diz que “vocês dizem isso porque nunca viram Juan Manuel Fangio ou Jim Clark correrem”. A verdade é que tudo isso é relativo. Por isso, que tal olhar para os números da F1 de uma forma diferente, pelo aproveitamento?

Claro que nem assim os números, sempre frios, entregam toda a verdade. Há a percepção humana, o envolvimento do público, o que cada um fez além das pistas e, obviamente, as diferenças entre carros e campeonatos das mais diversas épocas. Olhar porcentagens em vez de números absolutos pode, claro, atenuar distorções causadas por épocas em que se corrida muito menos que hoje – mas eleva, também, pilotos que por algum motivo correram muito pouco, entre outas questões.

Michael Schumacher é um exemplo clássico: o alemão, após se aposentar, retornou para a F1 e fez mais três temporadas pela Mercedes. Sem vitórias e com um único pódio, tal período fez com que o aproveitamento do heptacampeão caísse, ainda que sem afetar seus números absolutos.

Além disso, campões que morreram jovens podem ter sido privados de conquistar mais vitórias e títulos, mas também não passaram pelo mesmo período de fim de carreira de campeões como Schumacher, Kimi Räikkönen e Fernando Alonso, apenas para citar três recentes.

Dito isso, vamos aos aproveitamentos da Fórmula 1 neste top 10 especial, em números contabilizados até o último GP de Eifel de 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube