Promessa do motociclismo, americano de 12 anos ganha apoio do ator Keanu Reeves para começar carreira na Europa

Damian Jigalov é uma criança. Mas mesmo tendo apenas 12 anos de idade, o menino norte-americano é considerado uma grande promessa. No meio do ano, mostrou na Itália, como convidado, que pode acelerar os os melhores do país, mas faltava dinheiro para bancá-lo por lá. Até aparecer Keanu Reeves, ele mesmo, o do Matrix, e sua Arch para garantir patrocínio ao menino

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Aos 12 anos de idade, o norte-americano Damian Jigalov fechou um acordo para guiar todo o Campeonato Italiano de Velocidade de 2017 na categoria Pré-Moto3. E tem uma pessoa em especial a agradecer – e não é Valentino Rossi ou Marc Márquez. É Keanu Reeves. Sim, o ator Keanu Reeves, protagonista de filmes como 'Matrix', 'Doce Novembro' e 'De Volta ao Jogo'.

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Reeves é um conhecido entusiasta das motos. Tanto que ele prepara as próprias motos e vez ou outra aluga uma pista e sai testando com suas motos de corridas preparadas. Foi com isso em vista que criou a Arch Motorcycle, uma fabricante de motos – que testa assim que prontas.

 
O ator conheceu Jigalov quando foi ao GP dos Estados Unidos de MotoGP no ano passado, no Circuito das Américas, em Austin. Reeves ouviu que o menino era uma promessa e logo seria muito bom em cima de uma moto. No final do ano, Reeves alugou o circuito de Laguna Seca para dar algumas voltas e resolveu chamar Jigalov para ver como respondia à temida curva Saca-Rolhas. Ficou impressionado.
 
Jigalov, por ser muito jovem, não podia participar da MotoAmérica, então suas chances nos Estados Unidos ficavam confinadas à menor Western Easter Racing, onde competia e ganhava de rivais de 22 anos de idade. 
Keanu Reeves e Damian Jigalov agora são parceiros (Foto: Reprodução/Facebook)
Na Itália, a oportunidade lhe esperava. Jigalov testou por lá no ano passado em Misano, foi bem e recebeu o convite para correr uma etapa do campeonato, em Mugello. Sem nem conhecer a pista, terminou no quinto lugar. O que faltava era dinheiro, visto que seu pai, um ex-policial de Chicago, não podia bancar. Mas quem apareceu para salvar o dia foi Reeves – algo que provavelmente aprendeu salvando o mundo como John Constantine. E, verdade seja dita, seu sócio na Arch, Gard Hollinger.
 
A Arch vai patrocinar a carreira do menino na Itália.
 
"Estou muito agradecido a Keanu Reeves, Gard Hollinger e o pessoal da Arch" falou Jigalov. "Me tornaram parte da família e tive sorte de andar com eles em Laguna Seca. Quem sabe possam vir me ver em algumas corridas deste ano. Trabalhei duro e espero voltar para casa com algum título", disse.
 
O campeonato começa no último final de semana de abril.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube