De 14º a 4º: Martín assume surpresa com “ótima largada” na estreia na MotoGP no Catar

O piloto da Pramac celebrou a primeira largada na classe rainha do Mundial de Motovelocidade, mas reconheceu que cometeu alguns erros

Assista aos melhores momentos do GP do Catar de MotoGP (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Jorge Martín admitiu que ficou surpreso com a ótima largada que fez no GP do Catar de domingo (28). O piloto da Pramac pulou de 14º para quarto ainda nos primeiros metros da corrida, mas não conseguiu permanecer entre os ponteiros.

A largada é um dos pontos fortes das Ducati, já que além de contarem com um motor bastante potente, a fábrica de Borgo Panigale introduziu em 2021 um novo dispositivo holeshot. Antes, era possível baixar apenas a traseira da moto, mas agora também dá para modificar a altura da dianteira.

Jorge Martín foi um dos destaques da corrida em Losail (Foto: Pramac)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Além disso, Martín também foi muito bem na freada da curva 1, completando dez ultrapassagens para formar um 1-2-3-4 de Ducati.

“Estava um pouco nervosa antes da largada, mas, de qualquer forma, a largada foi ótima! Nunca esperei estar na quarta colocação! Eu esperava ultrapassar uma fila e ser nono ou décimo”, disse Martín. “Quando comecei a colocar as marchas, vi que a moto era super-rápida. Aí fiz uma ótima frenagem e passei outros cinco ou seis pilotos, então estava em quarto. Aí ultrapassei Zarco. Fiquei um pouco entusiasmado demais naquele momento! Mas eu estava em terceiro e foi bom estar lá por duas curvas”, comentou.

“Por um lado, foi ok, pois foi bom estar lá, aprendendo com os pilotos mais rápidos. Mas, por outro, ainda não era o meu lugar. Superaqueci um pouco o pneu e paguei por isso no fim da corrida”, ponderou. “Tomara que no futuro eu possa estar lá pela distância da corrida. Mas estar com o grupo foi ótimo”, considerou.

Jorge conseguiu manter o quarto lugar nas duas primeiras voltas, mas, aos poucos, foi despencando no pelotão. O titular da Pramac chegou a escorregar até 16º, brigou com Valentino Rossi, mas perdeu contato com o italiano antes de receber a bandeirada em 15º.

“Depois, eu estava batalhando com Valentino, que era meu ídolo quando eu era criança. Quase o bati, mas tive um momento com cinco voltas para o fim, quando estava na frente dele”, relatou. “Estou feliz. A equipe está feliz. Neste momento, só precisamos fazer voltas, aprender e melhorar”, avaliou.

“Uma coisa que aprendi nas primeiras voltas é que preciso estar um pouco mais calmo. Outra coisa é que estamos perdendo na saída de curva. Quando começo a acelerar, estou um pouco atrasado. Perco alguns metros ali”, apontou. “O bom é que estamos conscientes dos nossos problemas e onde podemos melhorar. Estou realmente ansioso pela próxima corrida, pois tenho um bom ritmo nesta pista e posso lutar no top-10”, concluiu.

Jorge Martín ganhou dez posições na largada em Losail (Vídeo: MotoGP)

GUIA MOTOGP 2021
⇝ MotoGP chega igual, mas diferente em campeonato condicionado por pandemia
⇝ Conheça quem são as equipes e pilotos para a temporada 2021 da MotoGP
⇝ Suzuki segue vida sem Brivio e tenta feito do bicampeonato na MotoGP em 2021
⇝ MotoGP volta com mistério: Marc Márquez retorna após três cirurgias? E como?
⇝ Honda aposta em encaixe de Pol Espargaró por encerramento de série de insucessos
⇝ Mir defende título da MotoGP para mostrar que conquista de 2020 não foi acaso
⇝ Quartararo precisará de regularidade e cabeça no lugar para substituir Rossi
⇝ Bastianini, Marini e Martín sobem para MotoGP com promessa de briga parelha
⇝ Yamaha rejuvenesce com Viñales e Quartararo e busca consistência na M1
⇝ Aos 42 anos, Rossi tem recomeço na MotoGP com SRT. Mas qual será o futuro?
⇝ Pol Espargaró tem chance da vida na MotoGP. Assustar Márquez é outra história
⇝ Equilíbrio também deve ser a marca nas categorias de apoio à MotoGP
⇝ Ducati faz mudanças arriscadas para deixar decepções de 2020 no passado
⇝ Aprilia ‘inventa’ Savadori e coloca tudo nas costas de Aleix Espargaró
⇝ VR46 dá primeiro passo na MotoGP ainda sem dizer se veio para ficar
⇝ Sucesso da Academia VR46, Morbidelli tenta aproveitar garagem com Rossi

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube