Ainda positivo, Rossi vê Covid-19 “muito complicada” e torce por volta em Valência

Italiano voltou a testar positivo para Covid-19 em um exame de PCR feito na terça-feira (3). O multicampeão vai passar por novos exames para tentar estar no GP da Europa deste fim de semana

Valentino Rossi lamentou que ainda não esteja liberado para retornar à MotoGP por conta da Covid-19. O italiano voltou a testar positivo na terça-feira (4), mas ainda vai repetir o teste PCR em busca dos dois negativos que precisa para poder alinhar no grid do GP da Europa deste fim de semana.

O piloto da Yamaha testou positivo para o novo coronavírus pela primeira vez em 15 de outubro, mas apesar de já não ter mais sintomas, continua infectado pela Covid-19. A namorada do piloto, a modelo Francesca Sofia Novello, anunciou no último dia 29 que tinha negativado o PCR.

Depois de faltar aos GPs de Aragão e Teruel, Rossi esperava poder voltar na corrida de Valência deste fim de semana, mas ainda não sabe se vai conseguir. O italiano precisa de dois negativos antes de poder ser reincorporado ao Mundial.

Valentino Rossi ainda está positivo para Covid-19 (Foto: Divulgação/MotoGP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“Este vírus é muito complicado e sério”, disse Rossi. “Me senti mal por dois dias, aí depois me senti completamente em forma, no meu 100%. Me isolei em casa o tempo todo e segui as orientações médicas à risca. É uma situação muito triste e difícil, mas é assim que é”, seguiu.

“Infelizmente, ontem fiz outro teste e voltou positivo, assim como todos os anteriores. Felizmente, ainda tenho mais duas chances de voltar na sexta-feira ou no sábado”, comentou. “Estou muito triste, pois estou me sentindo bem e mal posso esperar para voltar para a minha M1 e me reunir com o meu time. Realmente espero que meu próximo PCR seja negativo, pois perder duas corridas já é demais”, concluiu.

Sem saber se poderá contar com Valentino, a Yamaha colocou Garrett Gerloff em stand-by. Se o piloto famoso pelo #46 não puder correr, o norte-americano do Mundial de Superbike assume a YZR-M1 com o apoio da equipe acostumada a trabalhar com Valentino.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Europa, antepenúltima etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

https://open.spotify.com/episode/56EWZtjjXZerTSc5mEGdpr?si=dXJwGloaQQ6ZEGdY1gUInQ&nd=1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar