MotoGP

Aleix Espargaró indica que Aprilia deve focar em 2020 para moto “muito mais competitiva”

Aleix Espargaró deixou clara sua insatisfação com a situação da Aprilia. Sem ver desenvolvimento expressivo na moto em 2019, o piloto indicou que a equipe deve voltar suas atenções para fazer a RS-GP de 2020 muito mais competitiva

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
A temporada 2019 da MotoGP ainda não está próxima de terminar, mas Aleix Espargaró já está pensando no próximo ano. Descartando grandes mudanças para o campeonato, indicou que a Aprilia deve focar a atenção para o desenvolvimento da moto de 2020.

Na atual temporada, a equipe já apresenta consideráveis mais pontos do que em 2018. Entretanto, na classificação das construtoras, ainda aprece na última colocação, com 42 tentos somados – dez de desvantagem para a KTM, penúltima.

No time desde 2017, Aleix nunca escondeu sua frustração com a demora de evolução da RS-GP. Agora, acredita que a moto não vai desenvolver muito mais neste ano e já pede que os esforços sejam direcionados para 2020.

“Não sei se temos que pensar sobre o resto da temporada ou se devemos pensar mais sobre nos preparar para a próxima temporada, pois o que precisamos é uma moto muito mais competitiva, com muitas melhorias e não acredito que conseguimos isso nesta temporada’, comentou.
Aleix Espargaró (Foto: Aprilia)
“Então, a coisa importante é que preparemos a moto de 2020 bem. Se tivermos que testar alguns novos itens para a nova moto durante o campeonato, vai ser bem-vindo, mesmo que perdemos tempo durante os GPs”, seguiu.

“Mas o que queremos é melhorar muito a moto, não apenas um pouco. Então a RS-GP de 2020 tem que ser muito mais competitiva. Acredito que devemos usar esse ano como um ano de testes, não acho que a moto de 2019 vai mudar muito durante a temporada”, pontuou.

“A coisa importante é preparar a moto para o futuro para não ter novamente um ano como este. Não quero ser um piloto de testes durante a temporada, mas às vezes é preciso”, completou.

Apesar de estar longe de estar satisfeito com sua atual situação, Espargaró afirmou crer que Massimo Rivola pode dar um jeito na Aprilia. “Realmente acredito em Massino e que ele pode mudar a situação. Sinceramente, não é fácil ser positivo e acreditar, pois já tive três anos semelhantes na Aprilia”, ressaltou.

“Mas tenho que dizer que se sinto que alguém pode mudar isso, é Rivola. Ele foi a melhor contratação que poderíamos ter, então vou dar a ele um pouco de tempo”, encerrou.


 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.