Rins recebe ‘ok’ dos médicos e volta à LCR para GP do Japão de MotoGP

Álex Rins foi autorizado pelos médicos para voltar à MotoGP no Japão. O piloto da LCR fraturou a perna direita em um acidente na corrida sprint do GP da Itália e ficou mais de 100 dias afastado da classe rainha

110 dias depois, Álex Rins recebeu a autorização dos médicos para participar do GP do Japão da MotoGP. O piloto da LCR fraturou a perna direita em um acidente na corrida sprint do GP da Itália, no dia 10 de junho. Após duas cirurgias e uma longa recuperação, o espanhol estará de volta à moto da Honda.

Rins recebeu a liberação dos médicos da Clinica Quirón, em Madri, para poder viajar. A participação na corrida, porém, dependia do exame médico em Motegi. Ele ficou fora dos GPs de AlemanhaHolandaGrã-BretanhaÁustriaCatalunhaSan Marino e da Riviera de Rimini Índia.

Relacionadas


:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Ainda não há a certeza, no entanto, se o #42 terá condições de completar o fim de semana no Japão. Até então, sua presença é confirmada apenas para a sexta-feira de treinos da classe rainha, que acontece na madrugada desta sexta-feira (29).

Álex completará as últimas corridas da temporada 2023 com a LCR e, no ano que vem, irá se juntar a Fabio Quartararo na Yamaha, no lugar de Franco Morbidelli — que irá para a Pramac. Johann Zarco é quem ocupará sua vaga no time de Lucio Cecchinello.

MotoGP 2023 retoma as atividades no fim de semana do dia 1º de outubro, com o GP do Japão, a ser disputado em Motegi. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.