Arbolino vence em Valência e segue vivo na briga pelo título da Moto3. Arenas é 4º

O italiano deu o bote com duas voltas para o fim, garantindo a primeira vitória da temporada 2020. Sergio García e Raúl Fernández completaram o pódio em Valência

Tony Arbolino conquistou a vitória no GP da Comunidade Valencina de Moto3. Neste domingo (15), o italiano apertou o ritmo nas voltas finais para receber a bandeira quadriculada na primeira colocação em Valência.

O competidor da Snipers deu o bote em cima de Raúl Fernández com duas voltas para o fim para assumir a ponta, assegurando a primeira vitória da temporada 2020 e a quinta aparição no pódio no campeonato.

Tony Arbolino venceu a primeira em 2020 (Foto: Snipers)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Na volta final, Sergio García aproveitou para atacar o espanhol da Red Bull KTM Ajo e assegurou a segunda colocação, estreando no top-3 no ano. Raúl, que chegou a abrir quase 2s de vantagem na ponta, teve de se contentar com o terceiro lugar.

Atual líder da classificação, Albert Arenas terminou em quarto. O competidor tinha a chance de encerrar o campeonato com uma etapa de antecipação, mas perdeu o primeiro match-point.

Com o resultado, Arenas vai para Portimão com 170 pontos, oito a mais que Ogura. Terceiro na tabela, Arbolino tem só 11 pontos a menos que o piloto da Aspar.

Na disputa do Mundial de Construtores, a Honda lidera com 306 pontos, 13 a mais que KTM. A Leopard comanda o Mundial de Equipes com 209, dois a mais que a Aspar. A VR46 tem o terceiro posto, seguida pela Snipers e pelo Team Asia.

Saiba como foi o GP da Comunidade Valenciana de Moto3:

Ao contrário do que aconteceu no sábado, o domingo amanheceu com o sol mais aparente em Cheste, elevando a temperatura. Antes da largada, os termômetros mediam 21°C, com o vento soprando a 19 km/h, muito mais rápido do que no restante todo do fim de semana.

Na hora da largada, Kaito Toba assumiu a ponta e mergulhou primeiro na curva 1, mas logo foi superado por Darryn Binder, que recuperou o comando. Fernández logo passou o companheiro de Red Bull KTM Ajo e, ainda na primeira volta, tomou a liderança das mãos do sul-africano.

Também na primeira volta, Max Kofler caiu e abandonou esta penúltima etapa. Pouco depois, foi Alonso López quem levou um tombo.

Fernández assumiu a liderança pouco depois, mas, na sequência, Toba foi arremessado da moto na curva 5 e caiu. Sem espaço, Tatsuki Suzuki foi junto. Para evitar a queda, Binder acabou perdendo terreno na ponta, permitindo a escapada de Raúl.

Arbolino, então, tomou o segundo posto, com Jaume Masià passando Arenas pela terceira colocação. Sergio Garcia se instalou em quinto, com Binder caindo para a sexta posição.

Ainda na quinta volta, Celestino Vietti caiu e também abandonou a corrida. O italiano escapou de lesões mais sérias.

Enquanto isso, Fernández liderava com 1s6 de frente para Arbolino, que era seguido por Binder, Arenas e Masià. Tony, porém, não conseguia reduzir a vantagem do espanhol da Red Bull KTM Ajo, que se afastava mais e mais.

Com chance de conquistar o título já neste domingo, Arenas não tinha vida fácil, já que era pressionado por Garcia pelo terceiro posto. O piloto da Estrella Galicia 0,0 levou a melhor e assumiu a posição na oitava das 23 voltas.

Vindo em uma prova de recuperação após uma classificação ruim, Gabriel Rodrigo caiu na curva 14, junto com Alonso López. O incidente será investigado pela FIM (Federação Internacional de Motociclismo) após a corrida.

Diferente do que costuma acontecer, a corrida da Moto3 vinha menos agitada que o normal. Líder, Fernández tinha 1s7 de vantagem para Arbolino, que vinha em um pelotão com Garcia, Arenas. Öncü e Binder. Sétimo, Andrea Migno tinha mais de 1s de atraso para o sul-africano.

Na briga pelo título, Ai Ogura tomou a sétima colocação de Migno, mas já tinha 2s7 de atraso para Binder, o sexto colocado. Arenas seguia em quarto.

Darryn, aliás, não ficou muito tempo em sexto, já que passou Deniz Öncü para assumir a quinta colocação. A briga entre os dois, porém, não serviu para ajudar Ogura na aproximação.

Com oito voltas para o fim, boa parte da vantagem de Fernández na liderança tinha desaparecido, caindo para 0s940. Arbolino vinha andando em um ritmo superior ao do piloto de Aki Ajo. Garcia também ia coladinho em Tony.

Enquanto Arbolino tentava avançar, Ogura era superado por Migno pelo oitavo lugar. Para piorar, Jaume Masià também se colocou na frente do piloto do Team Asia.

Com seis voltas para o fim, Arbolino já estava colado em Fernández, com Garcia junto. Quarto, Arenas estava a 1s2 da disputa pela ponta.

Na volta 20, Garcia tomou o segundo posto de Arbolino, mas levou o troco metros depois. As trocas entre os dois permitiram uma nova escapadela de Fernández, mas nada muito decisivo.

Tony logo tratou de grudar em Fernández e, na abertura da penúltima volta, tomou a ponta em Valência usando o vácuo na reta. Garcia, então, passou a atacar Raúl, facilitando a escapada de Arbolino. O trio recebeu a bandeirada separado por 1s297.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Moto3 2020, GP da Comunidade Valenciana, Ricardo Tormo, Final:

1T ARBOLINOSnipers Honda38:17.462
2S GARCIAEstrella Galicia 0,0 Honda+1.142
3R FERNÁNDEZRed Bull KTM Ajo+1.297
4A ARENASAspar Team KTM+2.825
5D BINDERCIP KTM+2.999
6D ÖNCÜRed Bull KTM Ajo+3.208
7A MIGNOVR46 KTM+9.836
8A OGURAAsia Honda+9.852
9J MASIÀLeopard Honda+9.864
10J ALCOBAGresini Honda+12.802
11J MCPHEESRT Honda+12.879
12R FENATIMax Racing Husqvarna+14.513
13N ANTONELLISIC58 Honda+15.619
14S NEPAAspar Team KTM+15.340
15R YAMANAKAEstrella Galicia 0,0 Honda+24.297
16D FOGGIALeopard Honda+24.320
17B BALTUSPrüstel KTM+24.666
18Y KUNIIAsia Honda+24.690
19A SASAKIRed Bull KTM Ajo+27.484
20D PIZZOLIFacile Energy KTM+27.754
21C TATAYAvintia KTM+28.093
22J DUPASQUIERPrüstel KTM+28.138
23R ROSSIRBA KTM+30.718
24C VIETTIVR46 KTM+48.093
 K PAWISRT HondaNC
 G RODRIGOGresini HondaNC
 A LÓPEZMax Racing HusqvarnaNC
 K TOBARed Bull KTM AjoNC
 T SUZUKISIC58 HondaNC
 M KOFLERCIP KTMNC

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube