Aspar usa pit na Malásia para revelar novo patrocinador e layout da RCV 1000R de Hayden e Aoyama

A Aspar usou o pit-lane da pista de Sepang, na Malásia, para fazer a apresentação oficial da equipe para a temporada 2014 da MotoGP. Além dos titulares, o time revelou as cores da moto e o novo patrocinador

 

Às vésperas da segunda bateria de testes da pré-temporada da MotoGP em 2014, a Aspar aproveitou o pit-lane em Sepang, na Malásia, para apresentar a equipe, os pilotos titulares e um novo patrocinador máster. O time chefiado por Jorge Martínez, que dominou a classe CRT nos últimos dois anos, vai disputar o Mundial neste ano na nova categoria Open, com a moto de produção da Honda, a RCV 1000R.

Em cerimônia especial, a esquadra valenciana lançou as novas cores — a moto japonesa é predominantemente prata com detalhes em verde e preto, devido a um novo apoiador: a marca de bebida energética malaia Drive M7. Além disso, a equipe também confirmou os dois titulares: o campeão mundo de 2006, Nicky Hayden, e o campeão das 250cc de 2009, Hiroshi Aoyama.

Equipe Aspar nos boxes de Sepang (Foto: Aspar)

A Aspar agora tenta um mercado mais internacional com o acordo com a empresa malaia. O contrato de patrocínio é de três anos, o que significa um vínculo de longo prazo entre as duas partes no Mundial. O evento também contou com a presença do Ministro do Turismo e da Cultura da Malásia, Dato Seri Mohamed Nazri bin Tan Sri Abdul Aziz. "Estamos ampliando os nossos horizontes, continuando com o trabalho de crescimento e de nos estabelecer em um plano mais internacional", confirmou Martínez. 

"É muito importante para nós este acordo com a Drive M7, uma grande empresa que faz parte do Grupo Mutiara Motors e que também tem uma visão global", completou.

"Em termos de projeto esportivo, mudamos da Aprilia para a Honda e assinamos com dois campões do mundo: Nicky Hayden e Hiroshi Aoyama. Estamos animados com este novo projeto e estamos diante de um grande desafio para os próximos três anos", acrescentou.

Durante a apresentação, Hayden exaltou ainda a nova fase da carreira. "É uma nova temporada e um novo desafio para mim, mas estou seguro e animado. Fiquei impressionado com a equipe Aspar e todo o seu profissionalismo. Temos agora um novo patrocinador e queremos resultados. E isso não é bom só para nós, mas também para a MotoGP, que verá empresas de vários lugares do mundo apoiando o esporte", disse.

A Aspar vai usar a Honda de produção da classe Open do Mundial (Foto: Aspar)

"O desafio é competir como uma moto na classe Open, e ver como isso se desenrola ao longo do ano, será interessante com essas novas regras", emendou.

Aoyama também se disse contente com a chance na equipe espanhola. "Estou feliz em fazer parte desse time. É uma escuderia muito profissional e com um grupo altamente motivado", disse.

"Temos um novo desafio nesta temporada, que é a classe Open e que também é o futuro da MotoGP. Será um ano interessante e muito importante para nós. Temos um grande moto e com apoio direto da Honda", completou.

Os treinos coletivos da classe rainha do Mundial em Sepang têm início nesta quarta-feira, dia 26, e vão até 28 de fevereiro. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube