Com promessa de reação da Honda, KTM reafirma força e vê Miller comandar lista de favoritos da Moto3

Apesar da promessa de reação da Honda, KTM segue ditando o ritmo na Moto3. Com Luis Salom e Maverick Viñales promovidos à Moto2, Jack Miller surge como favorito, mas ainda será preciso o desempenho de Álex Rins e Álex Márquez com a nova NSF250RW

KTM reafirma força e vê Miller como favorito ao título na Moto3
Moto2 se renova com astros da Moto3 para temporada 2014

A temporada 2014 da Moto3 novamente verá a força da KTM, mas, desta vez, a Honda vem mais forte na tentativa de deixar para trás o massacre do ano passado. Os primeiros testes indicam, entretanto, que a marca austríaca vai começar dando a nota no Mundial.

Ao longo de 2013, foram pilotos equipados com motos KTM que venceram todas as 17 etapas do Mundial de Moto3. Inicialmente, a marca nipônica acusou a rival de investir mais no equipamento do que o proposto pela categoria, mas acabou aceitando desembolsar um pouco mais para trabalhar na NSF250RW.

Jack Miller brilhou na pré-temporada (Foto: Red Bull KTM Ajo)

Na fase de testes deste ano, a KTM mostrou que veio forte mais uma vez, colocando seus pilotos quase sempre no topo da tabela de tempos. A Honda, entretanto, conseguiu evoluir durante esse tempo e Álex Márquez fechou os exercícios em Jerez de la Frontera com o segundo tempo, 0s100 atrás de Jack Miller, da Red Bull KTM Ajo.

O piloto australiano, aliás, apareceu como o favorito ao título de 2014. Sem Luis Salom e Maverick Viñales, que subiram para a Moto2, a categoria inicial ganhou novos protagonistas, e Miller, que recém-chegou ao time de Aki Ajo, foi um dos que mais se destacou na fase de testes.

Além do australiano, quem exibiu um bom ritmo na pré-temporada foi Niccolò Antonelli. O jovem titular da Gresini chegou a liderar algumas sessões de testes, mas perdeu muito ritmo na fase final dos exercícios.

A troca da Estrella Galicia 0’0

Ao contrário do que aconteceu no ano passado, quando Álex Rins e Álex Márquez brilharam a bordo de uma KTM, para este ano o time de Emilio Alzamora decidiu alinhar no grid da categoria inicial com motos da Honda.

Os resultados da pré-temporada indicam que a NSF250RW ainda não está no nível das poderosas motos austríacas, mas, tratando-se do orgulho da Honda, certamente vai evoluir bastante ao longo do Mundial.

Levando em conta unicamente o talento de cada piloto, Álex Márquez e Álex Rins não podem ser descartados na briga pelo título, mas ainda é preciso avaliar o rendimento da nova Honda em uma situação real de corrida.

Romano Fenati testa com a equipe de Valentino Rossi (Foto: KTM)

VR46

Outra novidade da temporada 2014 é a estreia do Team Sky VR46, fruto de uma parceria entre a emissora italiana Sky e o multicampeão Valentino Rossi. O time vai contar com Romano Fenati e Francesco Bagnaia.

Na estreia do titular da Yamaha como dono de equipe, a escuderia vai contar com duas motos italianas e com pilotos que estão sendo formados na Academia de Pilotos VR46, também, claro, de propriedade de Rossi.

Nos exercícios realizados nos últimos meses, Fenati exibiu um bom ritmo com a nova moto, mas ainda precisa trabalhar um pouquinho mais para brigar sempre na ponta.

Eric Granado vai pilotar pela LaGlisse neste ano na Moto3 (Foto: LaGlisse)

Eric Granado de casa nova

Depois de fazer sua estreia no Mundial de Moto3 pela Aspar, Eric Granado vai defender as cores da LaGlisse na temporada 2014. Inicialmente, o brasileiro seguiria com a escuderia de Jorge Martínez, mas um conflito entre os patrocinadores do time – Drive M7 e Bell Ray – e os apoiadores pessoais do piloto – Red Bull e Mobil – forçaram a mudança.

Apoiado pela Aspar, Granado conseguiu uma vaga na LaGlisse, escuderia que foi campeã com Maverick Viñales em 2013. O brasileiro, então, passou a incorporar uma equipe de três pilotos, sendo companheiro de Jakub Kornfeil e Isaac Viñales. Também diferentemente do ano passado, Eric vai ter nas mãos uma moto KTM.

A fase de testes, aliás, já mostrou uma boa evolução do piloto paulista. Depois de um intenso trabalho físico durante o período de férias, Granado conseguiu andar regularmente dentro do top-10. Também, a troca de equipe parece ser muito positiva para Eric.

A estrutura comandada por Pablo Nieto tem experiência com jovens pilotos e fez um ótimo trabalho com a espanhola Ana Carrasco. Granado terá a chance de se desenvolver e, quem sabe, pontuar em todas as provas do calendário.

Husqvarna

A temporada 2014 da Moto3 também verá a estreia da Husqvarna. Sob o comando de Aki Ajo, a marca sueca terá Niklas Ajo e Danny Kent como pilotos. Durante os testes, Kent, que volta à Moto3 após uma temporada na Moto2, mostrou um bom ritmo e chegou a aparecer entre os ponteiros.

Na avaliação do piloto, a FR 250 GP, apesar de estreante, já está em um bom nível. Debutante de luxo Karel Hanika não é o único estreante da Moto3 em 2014, mas foi o que mais se destacou. Depois de brilhar a Red Bull Rookies Cup, o tcheco ganhou uma chance na Red Bull KTM Ajo e não fez feio.

Husqvarna estreia no Mundial neste ano (Foto: Avant/Husqvarna)

Apesar de estar debutando em uma categoria super competitiva, Hanika exibiu um bom ritmo desde os primeiros testes e rodou entre os ponteiros em várias das sessões realizadas em autódromos da Espanha.

Hanika pode até não ter chance de garantir o título de 2014, mas certamente vai roubar alguns pontinhos dos principais postulantes.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube