Crutchlow descarta arrependimentos e fala em “expectativas superadas” na MotoGP

Indo para a vaga de piloto de testes da Yamaha em 2021, o inglês avaliou sua carreira na classe rainha e admitiu que não esperava conquistar o tanto que conseguiu

Cal Crutchlow avaliou sua jornada na MotoGP nos últimos dez anos. Prestes a deixar o grid ao final do GP de Portugal, o inglês exaltou tudo o que viveu ao longo das temporadas e apontou como não se arrepende de nada que fez.

O competidor de Coventry fez sua estreia no Mundial de Motovelocidade já entrando na classe rainha em 2011. Durante os anos, correu pela Tech3 quando ainda era Yamaha, Ducati, e LCR, da Honda. Portanto, passou por três fábricas do grid.

Considerando os resultados, Crutchlow terminou ao menos uma vez por temporada, com exceção de sua estreia e no atual ano, subindo 16 vezes ao pódio, sendo três vitórias. Sua melhor temporada foi 2013, quando terminou em quinto na classificação.

Cal Crutchlow exaltou sua carreira na MotoGP (Foto: LCR)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“Tive o privilégio de trabalhar com grandes pessoas, equipes e motos em todos os anos, foi uma sorte. Há dez anos, não pensava que poderia fazer o que fiz, superou minhas expectativas. Não deixei nenhuma garagem sem ter formado boas relações. É fantástico poder voltar para a fábrica que me trouxe à MotoGP”, disse.

“Cada vez que fui para a pista não deixei nada, dei tudo de mim, ganhar ou terminar em 15º. Não lamento nada do que disse, sempre sou honesto e dou meu parecer. Não me arrependo de nada do que fiz neste esporte”, concluiu.

Em 2021, Cal vai assumir o papel de piloto de testes da Yamaha e teve uma boa confirmação de que tomou a decisão certa. O piloto inglês contou que sua filha Willow chorou de alegria ao saber que o pai passaria mais tempo em casa.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube