Crutchlow é liberado após cirurgia no braço. Daí escorrega e rompe ligamento do tornozelo

Cal Crutchlow estava pronto para voltar a correr após uma cirurgia no braço, mas sofreu um inusitado acidente após fazer o teste de coronavírus e voltou a ser dúvida na Catalunha

A temporada 2020 tem sido extremamente complicada para Cal Crutchlow. De fora de três das sete etapas que foram disputadas, o inglês vinha em recuperação de uma cirurgia no braço direito e estava pronto para retornar às pistas no GP da Catalunha. Agora, porém, torna a virar dúvida, com o ligamento do tornozelo esquerdo rompido.

O novo acidente de Crutchlow de nada tem a ver com os anteriores, tampouco aconteceu em cima da moto. Nesta quarta-feira (23), o experiente piloto tinha acabado de passar por testes finais com o médico da categoria, Xavier Mir, com o braço liberado para a prova. Aí, após passar pela cabine do teste de coronavírus, escorregou e rompeu o ligamento do tornozelo esquerdo.

A lesão foi confirmada pelo médio Max Ibañez, que faz parte da equipe chefiada por Xavier Mir. Apesar da condição, Crutchlow e sua equipe, a LCR, garantem que o piloto inglês vai tentar disputar a etapa do final de semana em Barcelona.

Cal Crutchlow virou dúvida de novo na MotoGP (Foto: LCR)

Além das lesões no punho esquerdo e braço direito que o tiraram de quase metade da temporada, Cal não vem tendo também um bom desempenho. O inglês somou apenas sete pontos nas quatro corridas que disputou e é 21º no Mundial de Pilotos, na frente apenas dos reservas Michele Pirro e Stefan Bradl, além de Marc Márquez, que abandonou a única prova que fez em 2020.

Com futuro incerto na categoria, Crutchlow espera a decisão final na situação do doping de Andrea Iannone para negociar com a Aprilia.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube