De olho em estreia imediata, Viñales inicia testes privados com Aprilia em Misano

Maverick Viñales já assinou contrato para correr na Aprilia em 2022, mas pode estrear ainda nesta temporada. Por isso, começou a preparação com dois dias de testes no circuito de Misano, na Itália

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A Aprilia era a única construtora do grid atual que ainda não tinha ido ao pódio na MotoGP (Vídeo: MotoGP)

A terça-feira (31) marca o começo de uma nova jornada na carreira de Maverick Viñales. Depois de ser suspenso pela Yamaha do GP da Áustria, as duas partes romperam o contrato em vigência e o piloto espanhol ficou livre para finalmente andar com a Aprilia, equipe que vai defender na próxima temporada da MotoGP.

Os próximos dois dias marcam a estreia de Viñales na montadora italiana, com testes no circuito de Misano para conhecer melhor a moto RS-GP. Com isso, já chegaram as primeiras imagens de Maverick com novas cores.

O momento não poderia ser melhor para a Aprilia. No último fim de semana, em Silverstone, a marca de Noale conquistou o primeiro pódio desde que entrou na MotoGP, em 2014, encerrando um longo e amargo jejum, graças ao terceiro lugar obtido por Aleix Espargaró.

Maverick Viñales com a Aprilia no circuito de Misano (Foto: Divulgação/MotoGP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Viñales fechou com a Aprilia para 2022 após pedir para a Yamaha para ser liberado do contrato de dois anos que tinha assinado no início de 2020. No entanto, a casa de Iwata constatou que o piloto tentou danificar o motor da YZR-M1 no GP da Estíria, aplicou uma suspensão no GP da Áustria e, depois, optou por encerrar de vez o vínculo.

A Aprilia já admitiu que gostaria de contar com o espanhol ainda na temporada 2021, de preferência no GP de Aragão, a próxima etapa do calendário. Mesmo assim, Massimo Rivola, chefe do time, pede cautela neste momento.

“Viñales representa uma oportunidade incrível para nós. Antecipar o trabalho de olho em 2022 é o objetivo. Poderíamos colocá-lo na moto, mas não queremos apressar as coisas e colocá-lo direto na corrida”, disse o dirigente à emissora Sky.

“Vê-lo correr em Aragão? Por que não? Mas agora estamos pensando em Misano e, depois, vamos pensar nisso. O mais importante é conhecê-lo, entender o que ele precisa para se sentir à vontade. Obviamente, a moto terá de ser competitiva, mas para um talento tão cristalino, a gestão humana será muito importante”, seguiu.

A MotoGP volta a acelerar no próximo dia 12 de setembro, com o GP de Aragão, no MotorLand. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

LEIA TAMBÉM
Quartararo usa receita infalível e ganha terreno em MotoGP de rivais claudicantes

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar