MotoGP

Dispensado pela KTM na MotoGP, Smith assina com SIC para disputar primeira temporada da MotoE

Bradley Smith é mais um piloto que vai fazer a transição para o motociclismo elétrico em 2019. Trocado por Johann Zarco na KTM, o britânico chega para defender a SIC, que corre na MotoE se chamando One Energy Racing
Warm Up / Redação GP, de Berlim
 Bradley Smith (Foto: KTM)


Bradley Smith, sem espaço no grid da MotoGP para a temporada 2019, tomou um novo rumo na carreira. O piloto britânico foi anunciado nesta segunda-feira (5) como piloto da recém-nascida MotoE. Smith representa a equipe SIC, presente na Moto2 e na Moto3, que corre na categoria elétrica sob o nome de One Energy Racing.
 
“Esse é um capítulo completamente novo no mundo do motociclismo e eu fico muito animado por fazer parte da MotoE”, disse Smith. “Nós, eu e a equipe, temos uma grande tarefa que é aprender sobre essa nova tecnologia e passar pelo processo de adaptação, mas tenho confiança de que estamos prontos para o desafio”, continuou.
 
Este é o segundo anúncio de Smith sobre 2019. O piloto já havia revelado que assume como piloto de testes da Aprilia na MotoGP, fazendo aparições esporádicas como wild-card. Como a temporada inaugural da MotoE é curta, com apenas cinco etapas, a sobreposição de funções é facilitada.
Bradley Smith está de partida para a MotoE (Foto: Divulgação)
“Assinar com o Bradley [Smith] é ótimo para nós”, disse Johan Stigefelt, chefe da SIC. “Ele é um piloto e uma pessoa com muita experiência no mais alto nível e nós esperamos que ele vá bem. Dito isso, sabemos que é um desafio diferente para o Bradley e precisamos ser humildes a respeito dos resultados que buscamos. A equipe que formamos é ótima e tem muita experiência. Sou grato pela oportunidade”, continuou.
 
Smith chega na MotoE com a experiência de seis temporadas na MotoGP, mesmo que sem muito destaque. A atual passagem pela KTM se encerra após o GP de Valência, último de 2018, para que Johann Zarco assuma a condição de companheiro de Pol Espargaró.
 
Smith pode ser apontado como o nome mais famoso já confirmado na MotoE até aqui. Outros representantes de maior destaque são Xavier Siméon – também de saída da MotoGP –, o brasileiro Eric Granado e a pilota María Herrera.