Dovizioso diz sofrer com inconsistência da Ducati em 2020: “Muito decepcionado”

O italiano falou dos diversos altos e baixos que tem sofrido na temporada e disse que a equipe não tem a situação sob controle

Andrea Dovizioso não está satisfeito com o desempenho da Ducati na temporada 2020 da MotoGP. O italiano destacou a inconsistência apresentada nas primeiras etapas e afirmou que a equipe não tem a situação sob controle no campeonato.

O piloto de Forli foi um dos únicos do grid que já subiu duas vezes no pódio, sendo terceiro no GP da Espanha e vencendo o GP da Áustria. Entretanto, seus demais resultados são uma sexta, 11ª e quinta colocações.

Na classificação, o #4 da Ducati aparece na vice-liderança, apenas três pontos atrás do líder Fabio Quartararo, que venceu as duas primeiras corridas do ano, mas também tem enfrentado problemas com a Yamaha.

Andrea Dovizioso vê situação incomum para Ducati (Foto: Red Bull Content Pool)

“Para mim, a situação no campeonato é boa, mas quando se tem essa sensação e muitos altos e baixos, não se tem o controle da situação. Não tenho um bom feeling neste momento, pois não sinto que temos a situação no controle para avançar em algumas pistas”, falou.

“E em cada corrida também há muitos altos e baixos. Isso nunca aconteceu comigo ou conosco nos últimos quatro ou cinco anos, e estou sofrendo com isso e muito decepcionado, pois nada até agora, desde a primeira corrida, é consistente, e acho que é algo incomum. Então não tenho resposta e não gosto disso”, completou o competidor.

A próxima etapa do Mundial de Motovelocidade é o GP de San Marino e Riviera di Rimini, em Misano. A corrida, primeira da rodada dupla no circuito, acontece no dia 13 de setembro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar