Ex-chefe revela que sondagem no Facebook por Rossi o levou ao comando da Suzuki

O ex-dirigente contou que Shinichi Sahara o procurou pela rede social para saber se o multicampeão estaria interessado em defender a Suzuki no retorno da equipe à MotoGP

Foi uma mensagem no Facebook que levou Davide Brivio ao comando da Suzuki na MotoGP. O agora ex-dirigente da equipe de Hamamatsu revelou que conversou com Shinichi Sahara, líder do projeto da marca japonesa, pela rede social primeiro para verificar a disponibilidade de Valentino Rossi em guiar a GSX-RR no retorno ao Mundial.

Em uma entrevista ao site da MotoGP, Brivio, que está de mudança para a Fórmula 1 para atuar como diretor de corridas na Alpine, revelou que recebeu uma mensagem de Sahara questionando sobre a disponibilidade de Rossi para defender a equipe.

ANÁLISE
+ Em alta, MotoGP começa a formatar composição do grid até temporada 2026

Davide Brivio foi parar na Suzuki via mensagem no Facebook (Foto: Reprodução)

LEIA TAMBÉM
+ Dois irmãos: os duelos familiares do esporte a motor

Brivio chefiou a Yamaha nos primeiros anos de Rossi na equipe, mas saiu com o italiano ao fim de 2010, quando o piloto partiu para a Ducati. Antes de fechar com a Suzuki, Davide trabalhou na VR46.

“Sahara me procurou pelo Facebook, o que foi estranho, pois eu não uso Facebook. Tenho um perfil, mas não uso. Eu nem sei usar, mesmo agora! Mas vi a notificação e olhei as mensagens”, contou. “Vi o nome de Sahara e ele queria saber quais eram as intenções de Valentino Rossi para o futuro. Ele me disse que a Suzuki queria voltar para a MotoGP em 2014 e perguntou se Valentino Rossi estaria disponível para correr para eles”, seguiu.

“Falei com Valentino, mas ele disse que não se interessava em correr pela Suzuki. Valentino queria voltar para a Yamaha [em 2013] e, então, respondi educadamente a Sahara para informá-lo que Valentino não estava interessado”, relatou. “Aí começamos a conversar um pouco e Sahara me perguntou se, no caso de começarem uma equipe na Itália, se eu estaria interessado. Eu disse que sim, poderia estar interessado. Então comecei a trabalhar com eles em 1 de abril de 2013”, completou.

A Suzuki voltou à MotoGP de maneira integral em 2015, após um atraso de um ano, mas o debute da GSX-RR aconteceu no GP da Comunidade Valenciana de 2014, com Randy De Puniet.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube